facebook
Mundo

Clinton foi a 5ª candidata a presidente a perder eleição com maioria de votos

O fenômeno ocorreu pela primeira vez nos Estados Unidos 192 anos antes

Foto: Marc Nozell

O brasileiro nunca compreendeu bem o sistema eleitoral americano, que tem no voto direto um fator secundário para definir o presidente dos Estados Unidos. Na verdade, nem mesmo os americanos o compreendem. Tanto que muito protestaram contra o fato de Hillary Clinton ter sido a mais votada em 2016, mas Donald Trump estar dormindo na Casa Branca desde janeiro de 2017.

Contudo, está não foi a primeira vez que o fenômeno ocorreu, nem a segunda, nem a terceira, nem a quarta.

Em 1824, Andrew Jackson foi o candidato mais votado para presidente dos Estados Unidos, mas não atingiu o número mínimo de “colégios eleitorais”. Com isso, a escolha coube à Câmara dos Deputados, que optou por fazer de John Quincy Adams o vencedor, mesmo tendo sido ele o segundo mais votado. Era a primeira vez que o sistema eleitoral americano vivia esta situação.

Que voltaria a ocorrer em 1876, vitimando Samuel J. Tilden, merecedor do voto de 51% dos eleitores, mas derrotado por Rutherford B. Hayes na contagem dos colégios eleitorais.

Doze anos depois, Allen G. Thurman, outro democrata, se daria mal para que Levi P. Morton, outro republicano, se desse bem.

A discussão arrefeceria por 112 anos. Até que Al Gore receberia 51 milhões de voto em 2000. Em vão. Pois George W. Bush somou 271 colégios eleitorais, dois a mais que o necessário, ainda que com 500 mil votos a menos.

Hillary, em 2016, foi a quinta vítima, sendo a quarta democrata. Se é verdade que abocanhou 2,2 milhões de votos a mais, também é verdade que ficou 74 colégios eleitorais atrás, o que é uma margem segura para legitimar a vitória de Trump.

Eram as regras do jogo desde o início e um por um bom tempo achou-se que Clinton seria a beneficiada pelo sistema. Não adianta reclamar depois que não deu certo. Afinal, há 192 anos o fenômeno é conhecido. E nada se fez contra ele.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Mais Lidas

To Top