facebook
...
Blog

Dilma diz que a “Saúde não está boa” e pede ajuda a governadores.


[one_fourth]

INSCREVA-SE
 O PT na História Brasileira   inscreva se

[/one_fourth]

[three_fourth_last]

Descrição

No dia 9 de novembro, a presidente Dilma Rousseff ocupou a rede nacional de rádio e televisão para lançar os programas “SOS Emergências” e “Melhor em Casa”. Com as propostas, o governo espera melhorar o atendimento em emergências do Sistema Único de Saúde (SUS), e implantar uma sistema de “homecare”, ou seja, um serviço de atendimento domiciliar destinado a pacientes com dificuldades para se deslocar até hospitais.

Durante a fala de 9 minutos, a presidente admitiu que a saúde pública brasileira enfrenta sérias dificuldades e pediu a “compreensão” da população. Ao reconhecer os problemas, Dilma pediu ajuda aos governadores para resolver as deficiências no setor.

Essa é a quarta vez que a presidente ocupa a rede nacional desde que assumiu a presidência da República. A primeira foi no dia 10 de fevereiro quando falou sobre educação em virtude do início do ano letivo. As outras duas ocorreram nos dia 30 de abril, véspera do Dia do Trabalho, e 7 de setembro em comemoração ao Dia da Independência.

O pronunciamento desta terça foge do contexto dos anteriores por não fazer parte do calendário oficial. O mais provável é que tenha sido planejado para debelar as críticas ao governo em relação ao longo tempo de espera por um atendimento no Sistema Único de Saúde. Desde a descoberta do câncer que acometeu o ex-presidente Lula, internautas passaram a sugerir que o tratamento do ex-presidente ocorresse através do SUS, e não no hospital Sírio-Libanês. O “pedido” foi motivado por declarações do próprio ex-presidente que chegou a afirmar que o serviço público beirava à “perfeição”.

Independente de quais tenham sido as intenções do pronunciamento, o mais importante é saber se os tais programas terão resultados práticos, ou se funcionarão unicamente como manobra diversionista. Infelizmente, a história mostra que o discurso do governo do PT não condiz com a prática, o que fica claro no vídeo acima. Assistam, relembrem declarações anteriores e tirem suas conclusões.

[/three_fourth_last]

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

8 Comentários

8 Comments

  1. francisco ramos

    8 de dezembro de 2011 at 11:08

    Uma cidadã chama um ex-Presidente de molusco, reconhecido internacionalmente e contemplado como
    membro Honoris Causa de prestigiosa Universidade, além de prêmios recebidos, outro acha que gover
    nantes eleitos democràticamente devem ser fuzilados em um paredão. Que baixíssimo nível. Que arrogância
    antidemocrática ! E o pior: SEM ACRESCENTAR ABSOLUTAMENTE NADA, o que é bem típico de pessoas
    com êsse perfil (devem ser muito jovens ou adolescentes).Mas quando a Presidente solicita ajuda dos Gover
    nadores, e vou mais além, deveria fazê-lo também em relação aos Prefeitos, há uma dose de bom senso
    nisto aí. Os Prefeitos brasileiros não querem investir em saúde em seus municípios, o que termina abarrotan
    do os hospitais dos grandes centros. Já atendi uma criança de cerca de 10 anos com apendicite, que rodou
    cerca de 300 quilômetros na carroceria de um caminhão, porque as cidades por onde passou apenas tinha
    hospitais particulares. Segundo o pai, pediram até animais de criação como honorário. Foi operado de graça
    em um Hospital de altíssima complexidade, já em choque séptico e apenas sobreviveu por ser criança.
    Neste sentido, na minha opinião de médico de hospital público e privado, o Govêrno ERRA. Deve-se, com
    urgencia promulgar uma lei: UM MUNICÍPIO, UM HOSPITAL PÚBLICO e os casos mais complicados, aí sim,
    seriam encaminhados para outros centros de resolução. Do jeito que está, com este governo ou com aque-
    le, os grandes e complexos hospitais podem entrar em colapso. A Sociedade precisa lutar por isto.

    Abraços

  2. ana maria

    19 de novembro de 2011 at 22:00

    Dilma voce está enganada. O Molusco disse que a nossa saude beira a perfeição. Disse até que queria ficar doente só para se tratar na UPA de Pernambuco. E agora vem voce com esse papo????

  3. Roder Rock

    14 de novembro de 2011 at 22:15

    É bom que alguém lembre de mostrar o que eles falam antes das eleições, o que falam depois e o que realmente fazem ou mandam fazer durante o governo. Dilma, Lula e essa turma toda que assaltou o poder da República mereciam um bom paredão. São mentirosos descarados.

  4. Cil

    12 de novembro de 2011 at 16:10

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… alguém pergunta aí como anda a tal rede cegonha??? Aqui em Aracaju pelo menos são frequentes os casos de mulheres que mesmo na capital não conseguem uma ambulância para irem ao hospital em caso de necessidade. Tratamento diferenciado, acompanhamento? E as tais UPAs? Deixa prá lá… o importante é que o Apedeuta está se tratando com tudo do bom e do melhor no Sírio Libânes as custas do suor dos impostos pagos pelo brasileiro. Se ele pode, fazer o quê não é????

  5. Conservador

    10 de novembro de 2011 at 14:39

    Exilado volta a atacar!
    De fato vivemos no país governado por embromadores, cujo representante mor é o famigerado PT.
    É um blá blá blá sem sentido, coisa de embromador profissional.
    De novo a TV é usada como instrumento de propaganda.
    Parece que basta pronunciar algumas palavras mágicas e tudo se resolve.
    No entanto, só neste quase primeiro ano de governo vários ministros já caíram por conta da corrupção.
    Que dizer da Saúde então. Inventam programinhas para enganar a opinião pública.
    E a bravata continua. Saiu o bravateiro barbudo e entrou a bravateira de saia. Que lástima!
    Deus do céu, tenha misericórdia do Brasil, outrora Terra de Santa Cruz!

    Este site continua ótimo! Parabéns a todos os Implicantes!

  6. selva

    9 de novembro de 2011 at 16:44

    O pronunciamento e pra apagar incendio o pt pensa que esta se saindo muit bem.
    Vamos combinar a Dilma e Lula se tratam no Sus e o atestado de obito fica por conta dos medicos ja em casa.

  7. Heloisa Helena Bayma Amorim

    9 de novembro de 2011 at 14:32

    Excelente o pronunciamento da Precidente.Sou profissional de saúde Farmacêutico do Municipio de Ananindeua- Pa, e Coordenadora dos Laboratorios de Saúde Pública do Municipio. Ontem dia 09 pela manhã na reunião que realizamos com a equipe, enfatizei muito a humanização, compromisso e responsabilidade com o serviço.Pois muitas vezes o usuario precisa apenas que uma pessoa lhe escute.Temos apoio das audoridades direta ou indiretamente para que nosso Municipio faça o melhor.Temos muito que aprender e melhorar a nossa saúde.
    Felicidade, e muita saúde.

  8. Alessandra

    9 de novembro de 2011 at 11:43

    Como sempre brilhante!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top