facebook
...
Blog

Desembargador diz que prefeito petista deveria entrar para o Guinness

Um desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul afirmou em sentença que a insistência do prefeito de São Leopoldo em descumprir as leis é feito digno do livro mundial dos recordes. A notícia é da Folha Online:

Irritado com a insistência de uma prefeitura em criar sucessivas leis que aumentavam o número de cargos de confiança no município, um desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul reagiu de forma inusitada em uma decisão judicial.

No documento, o desembargador Genaro Baroni Borges relatou que o município de São Leopoldo (na região metropolitana de Porto Alegre) criou seguidamente 22 leis que sabia ser ilegais.

“[Elas] já ensejaram oito ações diretas [na Justiça]; esta é a nona. O Guiness ainda vai registrar esse recorde”, disse. O processo contestava os novos cargos criados.

Borges disse ainda que a conduta da prefeitura é “desafiadora e desconcertante” e revela “menosprezo às instituições”. O Ministério Público ajuizou ação de improbidade contra o prefeito Ary José Vanazzi (PT).

Só a última das leis municipais contestadas criava 68 cargos de diretor, 47 de assessor e 146 cargos de “assessor de diretoria”. Procurada, a prefeitura disse que só o procurador-geral do município poderia falar sobre o assunto. Ele não foi localizado.

(grifos nossos)

Comentário

Sempre reclamam que não falamos de política local. Taí: São Leopoldo (RS), terra de dois colaboradores nossos. Ao mesmo tempo, um recorde mundial OFICIALMENTE quebrado por petistas; ou seja, assunto de interesse de todo o planeta Terra. Parabéns, PT!

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

2 Comentários

2 Comments

  1. Ismael Pescarini

    1 de agosto de 2011 at 09:21

    Caceta, São Leopoldo tem tanta mulher bonita assim?

  2. Thiago

    29 de julho de 2011 at 20:27

    E não vão desistir de tentar inchar a prefeitura! Afinal, ano que vem tem eleições para o município!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top