facebook
Blog

Dilma e a Corrupção

Os petistas costumam culpar gestores centrais por qualquer falha de qualquer estrutura que lhes seja subordinada. Um guardinha da GCM pisou na bola? É culpa do prefeito (se for adversário). Um delegado deu mancada? É culpa do governador (de partido rival, claro).

Quando o governo é deles, tudo é diferente.

E não falo aqui, obviamente, de um servidor alocado na casa do chapéu, mas de pessoas próximas, que exercem cargos de confiança e despacham diuturna e ‘noturnamente’ com o chefe do Executivo (antes Lula, agora Dilma).

A atual presidente foi indicada por Lula para substituir Zé Dirceu, com as bênçãos deste último. Levou consigo para a Casa-Civil sua amiga Erenice Guerra, que fez o que fez ali, na sala ao lado de Dilma.

A Presidente e um ministro encrencado

Na crise atual, ela abençoa Palocci, o consultor que cancelou contratos e foi INDENIZADO por isso. O consultor que não revela quem eram seus clientes, nem se mantiveram contratos com o governo. O deputado que dirigiu verba do Orçamento da União para uma entidade que tinha sua cunhada como dirigente.

E aquele que, SEGUNDO A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, foi mandante da quebra de sigilo do caseiro Francenildo. O mesmo que teria levado pessoalmente esses dados à Revista Época, conforme relata seu outrora editor.

Daí que o PT se reúne numa estratégia idiota de “blindagem”, alegando – entre outras bobagens – que não há nada grave. Só se for para os padrões petistas (adotados para amigos, sempre).

Em meio a tudo isso, explode uma bomba de corrupção em Campinas, envolvendo um grande amigo de Lula, o vice-prefeito petista, entre muitos outros.

Resta saber, aliás, se vão culpar a oposição pelo fato da própria CEF ter dito que Palocci pediu a quebra do sigilo. Franklin precisará de outra “estratégia” para tapar todos os buracos desse barco que afunda cada vez mais.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

4 Comentários

4 Comments

  1. Rodrigo Piva

    2 de junho de 2011 at 15h25

    Pois é, e para continuar na mesma linha de Lula, que lhe garantiram recordes de popularidade, ela nem ninguém do alto escalão sabia ou saberá de nada. Nunca.
    Abraços

  2. Thiago

    25 de Maio de 2011 at 15h08

    É… e o “povão” ainda acha que está tudo bem!

  3. José Eduardo

    25 de Maio de 2011 at 14h53

    Ok, mas só o Palocci foi consultor? Por que só ele precisa dizer o nome dos clientes e os detalhes dos serviços prestados? Seria interessante, então, investigar a vida de cada deputado e senador, independentemente do partido… não?

    (Gravz: Acho a idéia ótima. No caso de Palocci, o maior rigor se justifica pelo fato de, hoje, ele ser MINISTRO DA CASA-CIVIL. Acho que é até simples a razão dele explicar que NUNCA teve clientes que fecharam contratos com o Governo Federal ou, caso os tenha, simplesmente pede o boné ou aguarda a demissão)

  4. Ricardo Amaral

    25 de Maio de 2011 at 14h16

    Esqueceu-se que é o único consultor de gestão com taxa de sucesso, caso inexistente na prática real da vida empresarial.

Deixe um comentário

Mais Lidas

To Top