Blog

Dilma e Lula enfrentam protesto de estudantes em São Bernardo

Alunos, professores e funcionários da Universidade Federal do ABC, uma daquelas que Lula e Fernando Haddad “criaram” e “inauguraram”, vaiaram a presidente e o antecessor durante inauguração de UPA. Reportagem do portal iG:

A presidentaDilma Rousseff enfrentou nesta quinta-feira um protesto de estudantes, professores e servidores técnicos da Universidade Federal do ABC (UFABC), uma das que aderiu à greve das universidades federais desde maio.

Dilma visita São Bernardo para inaugurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h ao lado do prefeito Luiz Marinho, candidato à reeleição, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No intervalo dos discursos, os estudantes gritaram: “Dilma, a culpa é sua, minha aula é na rua”. Eles também levantaram cartazes pedindo a retomada das negociações entre professores, servidores técnicos e a presidenta, que estão suspensas.

Ao final do evento, a presidenta respondeu aos manifestantes: “O pessoal pode acalmar que as coisas irão para os seus lugares na hora certa. Pode ter certeza disso.” 

Marinho também se dirigiu ao grupo que realizava o protesto, dizendo que há um conflito grevista, que será resolvido no momento certo da negociação. “Há um conflito, mas isso é momentâneo, isso passa. Em algum momento as coisas acontecem e as coisas caminham. As coisas são assim faz parte do relacionamento”, disse.

Os manifestantes não ficaram satisfeitos com as declarações. Para a estudante de engenharia Bruna Carvalho, de 22 anos, as respostas são um descaso. O sindicalista José Carlos da Silva, 46 anos, afirmou que já fizeram mais de 54 reuniões, mas ainda não houve proposta concreta. “A gente veio aqui para que se abram negociações”, afirmou.

A greve dos professores das federais começou no dia 17 de maio. Desde 13 de junho, também estão paralisados os funcionários administrativos das universidades. O governo cancelou reunião de negociação com grevistas marcada para 19 de junho e até o momento não marcou outra conversa.

Também estavam presentes no evento o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

(grifos nossos)

Histórico

Lula e Haddad já haviam sido vaiados em setembro de 2011 por estudantes da mesma Universidade Federal do ABC. Em 2008, o ex-presidente recebeu críticas por ter inaugurado a universidade inacabada.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

5 Comentários

5 Comments

  1. Airton

    8 de julho de 2012 at 15:40

    Inauguraram uma UPA 24H e fecharam um pronto-socorro que também atendia 24h, ou seja trocaram 6 por meia dúzia com o custo adicional da construção ,é óbvio.

  2. Adoniran Antunes de Oliveira

    7 de julho de 2012 at 23:08

    E que dona dilma comece a se acostumar e aceitar as vaias,porque dora em diante isto tornar-se-á normal.O povo,que pode ser burro até um ponto,mas nao todo o tempo, parafraseando a minha maneira a Abrahan Lincoln e posteriormente John Kennedy.A economia patria vai de mal a pior, Petrobrás quebrando,autosuficiencia tao comentada por Lula em petroleo, é uma deslavada mentira,diesel subindo,gasolina mais cara do mundo, programa alcooleiro indo pro brejo,pibinho pifio,e apetite para roubar dos aliados incomensurável.No que vai dar tudo isso? Desculpem-me, mas aqui vai um palavraozinho:- VAI DAR MERDA, E QUEM VAI PAGAR principalmente, é o povinho das borsa famia,borsa miséria e adjacentes, os que vendem seu voto ,sua cidadania por algumas merrecas.ESSE É A MANEIRA PTRALHA DE GOVERNAR.ACORDA BRASIL.

  3. katlyn

    6 de julho de 2012 at 23:08

    Inaugurar universidade inacabada é o ó …

  4. Thiago

    6 de julho de 2012 at 22:12

    O alexandre vai falar que isso ai é culpa do Serra…

  5. Antony Marcos

    6 de julho de 2012 at 11:25

    A cada dia, a cada mes, uma micro fraçao do povo bovino sai dos pastos dos campos de futebol e começa a perceber que, diante do abate eleitoral que se aproxima, nem sempre vale a pena estar gordinho, cheio de demagogia na barriga.
    O açougueiro de Caetés, junto com sua assistente marionete, já recebe sua cota racional de “honrarias”, de vaias a xingamentos impublicáveis.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top