Blog

Dilma é vaiada pela segunda vez em dois dias

Depois de São Bernardo na quinta-feira (05), a presidente foi vaiada por estudantes em evento no Rio de Janeiro nesta sexta (06). Reportagem da Jovem Pan Online:

Repetindo o que ocorrera ontem em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, estudantes universitários criaram uma espécie de “saia-justa” para a presidente Dilma Rousseff, no final da manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. A petista, que participa da entrega de apartamentos do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida ao lado do governador Sérgio Cabral e do prefeito Eduardo Paes, foi vaiada por alunos de diversas instituições.

Unidos, os jovens protestavam contra a decisão do governo, que rejeita a possibilidade de investir 10% do Produto Interno Bruto na educação, algo que “quebraria o país”, na visão do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Escolhendo o exato momento em que Dilma começou a falar para iniciar o protesto, os estudantes alegavam que o aumento da verba, aprovado pela Câmara dos Deputados, é fundamental para o desenvolvimento do Brasil.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

6 Comentários

6 Comments

  1. Cil

    10 de julho de 2012 at 03:05

    É nisso que dá achar que estádio de futebol é escola! A governanta ficou com tanta raiva das vaias que mandou cortar o ponto dos servidores.

    Mas, vamos pensar pelo lado positivo. Se pra onde ella for houver vaias, ella não mais viajara pelo país, o que por si só seria uma benção.

  2. Renato P´

    9 de julho de 2012 at 22:16

    Na realidade nisso Mantega acertou. Qualquer porcentagem baseada no PIB é ridícula, a porcentagem deveria ser baseada na ARRECADAÇÃO. E 10% é uma fatia gigantesca. Jogar dinheiro em cima de algo e rezar para que dê certo é desperdício e burrice.

  3. Michel

    8 de julho de 2012 at 13:18

    Ganha uma tapioca quem encontrar uma bandeira na UNE no protesto…

  4. Breno Marlen

    8 de julho de 2012 at 13:07

    O que quebrará o país são as Olimpíadas e a Copa do Mundo.

  5. danir

    7 de julho de 2012 at 15:54

    Só mesmo um cretino, como o atual ministro da Fazenda, poderia dizer que investir 10% do PIB em educação em todos os níveis, poderia quebrar o pais. Na verdade, ele como todo bom idiota com diploma pensa que gastos com educação são despesas e não investimento. Poderiamos começar com as despesas efetuadas para o trem bala, a transposição do São Francisco, e outras relacionadas à ineficiência do Governo e à corrupção que corre solta em todos os níveis. E só mesmo uma PresidentE como a Dilma, cria do Lula, para deixar tal estupor conduzir a economia do pais. Vide seus comentários a respeito da criação do Real, em seus artigos na midia, na época em que o plano foi criado e implementado. Os estudantes têm mesmo que acordar e sair fora da doutrinação (lavagem cerebral) das esquerdas, começando a pensar sozinhos e agir em prol de uma causa mais do que justa que é a oposição ao pt e a tudo que ele representa. Gostaria de estar lá para somar minha voz às vaias.
    É este mesmo Ministro que pensa que o Dolar super valorizado é uma benção para o Brasil, não levando em conta que comércio internacional e uma rua de duas mãos, onde o equilíbrio no comércio com um crescimento constante e diversificado é mais importante do que Saldos positivos desproporcionados que só despertam a necessidade de represálias e restrições aos nossos produtos. Quem sabe ele um dia entende que a melhoria da eficiência e uma carga tributária mais justa substituem estas fantasias. Espero que estes estudantes votem certo e que sejam formadores de opinião.

  6. alexandre

    7 de julho de 2012 at 10:29

    SERRA PRESIDENTE ! RSSSSSSSSSS

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top