Blog

Em apenas dois meses, Marinha gastou mais de MEIO MILHÃO na residência de férias de Dilma

Abaixo uma notícia que acaba com o discurso de austeridade propalado pelo governo Dilma. De acordo com o site Contas Abertas, a Marinha brasileira torrou entre os meses de novembro e dezembro deste ano, a módica quantia de R$ 657,9 mil na aquisição de móveis e manutenção da Residência Funcional da Boca do Rio (BA), local onde a presidente Dilma Rousseff passa férias com sua família. Entre os gastos estão a compra de OITO TELEVISÕES, SETE DVD´S e UM ESPELHO DE R$ 6 MIL. Acharam pouco? Então leiam o que informa a jornalista Dyelle Menezes:

Desde ontem (26), a presidente da República, Dilma Rousseff, está na Base Naval de Aratu, na Bahia, para um período de descanso que deve acontecer até o dia 8 de janeiro. Antes de receber a chefe do Estado Maior do Exército brasileiro, a Marinha gastou R$ 657,9 mil em novos móveis e reformas da Residência Funcional da Boca do Rio, que fica na Base Naval. O valor se refere a cinco notas de empenhos emitidas entre os dias 21 de novembro e 10 de dezembro deste ano. Na viagem, a presidente está acompanhada da filha e do neto, Paula e Gabriel, do genro, Rafael Covolo, da mãe, Dilma Jane, do ex-marido, Carlos Araújo e sua atual esposa, além de uma tia.

Três notas de empenho, no montante total de R$ 425,2 mil, fazem parte do processo 026/2011, que previa gasto estimado de R$ 523,5 mil. O edital da compra informa a necessidade de fornecimento de mobiliário, tapetes, cortinas e eletroeletrônicos para a residência funcional da Boca do Rio. (veja empenhos)

Todos os itens, exceto os tapetes, são encontrados nas descrições dos empenhos. Entre as compras estão, por exemplo, um frigobar com capacidade de armazenagem de 76 litros no valor de R$ 4,9 mil, um espelho tamanho 2,5 x 2,5 m ao custo de R$ 6 mil e duas poltronas no valor total de R$ 6,7 mil.

Além disso, um “kit” de eletroeletrônicos, composto por oito televisões, sete DVD’s, um home theater e um computador completo, no valor total de R$ 19,5 mil, também faz parte das novas aquisições da Base.

As cortinas estão na nota de empenho do dia 10 de dezembro (processo TJDL 04/2011) e custaram R$ 37,3 mil. Para finalizar a soma total dos gastos da Base Naval de Aratu com a residência funcional da Boca do Rio, foram reservados, no dia 21 de novembro (processo CP NR 022/2010), R$ 195,4 mil para “execução de obra de reforma”.

Íntegra aqui.

Atualização (17:36h)

Em janeiro do ano passado, a Marinha brasileira informou o gasto de R$ 800 mil para reforma da MESMA RESIDÊNCIA. O anúncio oficial foi uma contestação ao valor divulgado pelo colunista Claudio Humberto. De acordo com o jornalista, o valor da reforma estaria estimado em R$ 2 milhões, pouco mais que o dobro anunciado oficialmente pela Marinha.

 

 

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

17 Comentários

17 Comments

  1. Eduardo

    7 de janeiro de 2012 at 21:57

    Não tempo da ditadura o tratamento era outro!., depois de passarem por tudo que já passaram, ao menos eu penso que deveriam ter um pouco mais de humildade., foi para tudo isso que “lutaram”, para cometer os mesmos “erros” sobre os quais justificavam a sua luta., luta inglória, pois agora fazem pior…saudades, saudades…

  2. Ricardo Mesquita

    7 de janeiro de 2012 at 21:45

    e o slogan do desgoverno anterior continua valendo: “BRASIL UM PAÍS DE TOLOS” !

  3. Sam Spade

    2 de janeiro de 2012 at 19:03

    Save the Wales!

  4. Carlos

    2 de janeiro de 2012 at 10:58

    E o sálario minimo foi para R$622,00.

  5. João

    31 de dezembro de 2011 at 20:13

    Favor corrigir a “informação” e acrescentar o desmentido da marinha. Grato.

    • Implicante

      31 de dezembro de 2011 at 20:36

      As informações acima estão CORRETAS. Não há razão para corrigi-las. A nota oficial da Marinha não desmente NENHUM dado, apenas tenta justificar o gasto.

  6. Nélio

    29 de dezembro de 2011 at 16:29

    É uma base naval ou uma colônia de férias exclusiva? Não me admira o custo da reforma. Afinal, adaptar instalações de conforto espartano às necessidades de uma diarista deslumbrada deve ser caro. Me pergunto se essa gentinha, de baixíssimo nível cultural e ético, têm um leve lampejo de utilizar os próprios recursos para usufruírem seu lazer. Ou eles acham que a Nação deve arcar também com isso? Kim Il Sun fez escola… Talvez com isto as FFAA percebam o que esses seres pensam sobre eles: administradores de recantos exclusivos, sempre a postos para serem humilhados e alvos permanentes de revanchistas de fala mansa, como a professorinha Maria do Rosário (da bancada enrustida da bala).

  7. caio portella

    28 de dezembro de 2011 at 19:29

    Esses pilantras tem que passar as ferias em Bangu I ….sem direito a TV e banho quente…afinallá é lugar de bandido e ladrão ….

  8. Thiago

    28 de dezembro de 2011 at 12:01

    Calma ai… só porque ela é a presidente, o povo tem que pagar as contas do descanso dela? … Hum… acho que todo esquerdista chega na empresa que trabalha e entrega as notas dos gastos das férias para que seja reembolsado então… pois tá parecendo que é isso que esses dois ai devem fazer…

    Sinceramente, ela pode ser a presidente, mas deveria gastar o dinheiro dela com as férias dela! Ou será que ela ganha muito pouco para não conseguir se hospedar em um hotel?

  9. Bob Jegg

    28 de dezembro de 2011 at 11:45

    meodeos!! queriam o que? móvéis de compensado, cortinas lágrimas de sasenhora, jarra em forma de abacaxi da grande família e cadeiras de prástico na residência da Presidenta?
    Esse artigo sofre de preconceito, pobreza de espírito e material.
    Se a Marinha superfaturou algum produto, faça seu ataque contra a instituição e não à Dilma.

    • Exilado

      29 de dezembro de 2011 at 16:57

      “Móveis de copensado, cortinas lágrimas de sasenhora, jarra em forma de abacaxi da grande família e cadeiras de prástico na residência da Presidenta?”
      E nós é que somos preconceituosos… Tá bom.

  10. gracias

    27 de dezembro de 2011 at 17:53

    Este é o doce comunismo – enfim , para a nomenklatura uma vida de reis com direito a bobos da corte, como este de cima, para defenderem suas mordomias

    Eta comunismo bom! E os tais oprimidos , cara? E os tais injustiçados? Ora deixa para lá, dinheiro bom é dinheiro dos outros…sem esforço..a roldo…na mão.in cash

  11. Vitor Silva

    27 de dezembro de 2011 at 16:06

    Trabalho estressante de ser presidente de uma das maiores Republicas do mundo, e ainda tem que passar as férias em um casebre ?

    Até parece que ela vai ficar com essa casa para ela.

  12. Eduardo

    27 de dezembro de 2011 at 15:54

    Galera, isso é muito pouco. Um terreno com casa xumbrega custa 300mil, e isso sem móveis. Com essa quantia dá prá comprar um terreno com casa, mobiliar e por um carro na garagem. Tudo sem muito luxo. Ela é a Presidente do país cara, vamos ter um pouco mais de noção.

  13. Airton Leitão

    27 de dezembro de 2011 at 13:45

    Pior foi o gasto que fizeram para abrigar Lula e uma ‘farranchada’ de parentes e afins, já na condição de ex-presidente.
    Aliás, eles não são capazes de tirarem férias onde já exista lugar apropriado. Sempre há uma despesa a ser feita.
    Muito conveniente…

  14. RÓBINSON CASTILHO

    27 de dezembro de 2011 at 13:14

    É esse governo corrupto e demagogo que o povo não enxerga, infelizmente até quando.???

  15. Joaquim

    27 de dezembro de 2011 at 12:20

    Vale lembrar das férias de Lula no Guarujá.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

Política & Implicância.

Curta-nos

Siga-nos

© 2016 Implicante.org - Todos os Direitos Reservados

To Top