facebook
...
Blog

Em meio à crise, Dilma autoriza férias de responsável pelo Bolsa Família

Presidente autorizou viagem de ministra após tumulto causado por mudanças no cronograma de repasses do Bosa Família

Informação do site de Veja:

Em meio à crise envolvendo o principal programa social do governo, a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, resolveu tirar férias. A última agenda da ministra que responde pelo Bolsa Família foi no dia 24 e, de acordo com o Diário Oficial da União, ela só retornará ao trabalho depois do feriado de Corpus Christi, na próxima segunda-feira.

A autorização para a saída de Tereza Campello foi assinada pela presidente Dilma Rousseff no último dia 21 e publicada no Diário Oficial no dia seguinte, quando a confusão já estava instalada. Segundo o registro oficial, o motivo do afastamento é “a utilização de férias”.

Tereza Campello se manifestou sobre o caso no dia 20, durante o programa de rádio Bom Dia Ministro, da Presidência da República: “Desestabilizar o Bolsa Família não acredito que possa interessar a ninguém, acho lamentável o que aconteceu e o principal prejudicado foi a população. Esse assunto agora está nas mãos da Polícia Federal. Eu acho que o que a população pode fazer agora é entrar em suas redes sociais alertando que o Bolsa Família continua forme e forte, e o calendário está mantido”.

Leia a íntegra aqui.

De acordo com o colunista Ilimar Franco, de O Globo, a ministra Tereza Campello está na Disney com a filha adolescente.

No parque do Mickey e do Pateta

Pegou mal no governo as férias da ministra Tereza Campello (Desenvolvimento Social) no olho do furacão dos problemas do Bolsa Família. Ela foi levar a filha adolescente para conhecer e brincar na Disney, em Orlando, nos EUA.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

2 Comentários

2 Comments

  1. Paulo

    30 de maio de 2013 at 08:01

    QUANDO NÃO EXISTE UM CULPADO O PT O FABRICA OU ATRIBUI À OPOSIÇÃO!
    O QUE EXISTE NA NET DE RECORDAÇÕES DE SAUDOSISTAS DA DITADURA MILITAR…
    Anormal seria se o PT respeitasse os outros e seus direitos, são agressivos por natureza, falam e depois pensam, como nessa falsa atribuição da gafe do Bolsa Familia e vivem mesmo entre si imersos no ódio a si e a todos, mesmo os coligados a seus interesses oportunistas, devido também à origem satanista, como nos arraigados ódio e rancor a Cristo e à Igreja católica. e sua doutrina.
    Outro alvo é a ditadura – dessa vez a deixaram de lado – mas hoje se mostra como um partido que não se adapta ao ambiente de liberdade, pior que ela; muitos já sonham com o antigos militares.
    Antes de adentrar o poder defendia ideias amplas mas nunca se comprometia com nenhuma, mas quando o fazia não as cumpriria ou o fazia parcialmente.
    É um partido que nada constrói e quando o faz é copia, mas destrói seu autor e passado para se sentir dono de todo o bem, apesar de ser dentro do partido um conjunto de grupos que ferozmente se abocanham entre si pela liderança, bastando o que existe de querelas entre facções dentro do próprio PT.
    Lembremos que no passado sempre foi o partido do contra: descartou Itamar no apoio ao impeachment de Collor – hoje seu aliado – e nem o Plano Real que não lhe pertence, assim como o PT não assinou a Constituição de 1988.
    O PT é contra tudo e todos que não se submetem ao seu “POLITICAMENTE CORRETO” comunista materialista e ateu e vinculados a muitos mais “NÃOS”.
    Mesmo nas altas esferas, o PT é contra tudo e todos que não se submeterem, o caso do STF que alguns não aceitam ser como na Venezuela “Juízes de Rinha”.
    O pior é que nesse caso específico, ficou na “saia justa”, como sempre…

  2. Thiago

    29 de maio de 2013 at 21:28

    Via ver ela comprou o pacote em alguma promoção e não conseguiu desmarcar a viagem, pois os ministros do governo Dilma são muito engajados com o Brasil, vide Maria do Rosário, que vive falando verdades para a população, em sua conta do Twitter!

    Não me lembro onde eu li, mas um governo que deixa ministros saírem por ai dizendo verdades, como se fossem posicionamentos do governo, e depois se provam errados e não falam um “a” sobre a história, como se nada tivesse existido, deveria se preocupar mais com quem escolhe para assumir tais cargos… Se bem que a população esquece rápido das histórias e pouco se importa com política, desde que não ameacem acabar com o bolsa esmola!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top