facebook
...
Blog

Escritório do “novato” do STF recebeu dispensa de licitação de R$ 2 MILHÕES da União

A informação foi publicada no Diário Oficial da União em 12 de agosto de 2013

luisroberto_barroso_01

Não é só Dias Toffoli quem vem mantendo relações questionáveis com instituições que necessitam de seu julgamento em Brasília. O alerta foi feito pelo perfil @arykara no Twitter:

A informação não necessita de melhores fontes uma vez que foi retirada diretamente do Diário Oficial da União:

Luis-Barroso

A cronologia dos eventos levanta suspeitas a respeito da independência do ministro Barroso:

Ontem, durante voto do ministro Marco Aurélio Mello, Barroso pediu a palavra para defender a suposta independência que possuía:

Parece irrelevante a opinião pública, e fico muito feliz quando uma decisão do tribunal constitucional coincide com a opinião pública, mas se o que considero certo não bate com a opinião pública, eu cumpro meu papel. A multidão quer o fim desse julgamento, e eu também. Mas nós não julgamos para a multidão, nós julgamos pessoas. […] Não estou aqui subordinado à multidão. Não tenho o monopólio da certeza, mas tenho o monopólio íntimo de fazer o que acho certo.

(grifos nossos)

Irritado com as críticas recebidas, o ministro Marco Aurélio Mello não se furtou de em plena corte chamá-lo de “novato”. Se Barroso possui de fato o “monopólio íntimo” de fazer o que acha certo, talvez seja justo aguardar que torne público esclarecimentos sobre sua real relação com o escritório em seu nome.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

30 Comentários

30 Comments

  1. Vanusia

    25 de setembro de 2013 at 12:15

    O Brasil é uma vergonha para nós brasileiros, precisamos mudar esses políticos com a mentalidade de se dar bem, agora até o STF nos decepciona.

  2. Apolítico

    16 de setembro de 2013 at 13:37

    Se acham isso acintoso, eu chamaria de deboche à nação e, em especial, ao STF o recente vídeo do Genoíno, tendo ao fundo pinturas de pássaros “livres e soltos”, acompanhados da frase “eles passarão; eu, passarinho”.

  3. Silveira

    16 de setembro de 2013 at 10:34

    Este “embargos infringentes” é mais um da série “rabos de palha” da justiça deste país para serem usados por homens públicos indignos sempre que são pegos infringindo a lei. Confirmam a velha máxima de que “O Brasil não é um país sério”, para vergonha das pessoas que têm vergonha na cara nesta terra.

  4. JORGE RORIZ

    16 de setembro de 2013 at 10:01

    OUTRA DENÚNCIA CONTRA BARROSO:
    Barroso é relator de processo de sua ex-cliente, a Eletronorte. Impeachment Já!

    https://www.stf.jus.br/portal/jurisprudenciaRepercussao/verAndamentoProcesso.asp?incidente=2674915&numeroProcesso=599628&classeProcesso=RE&numeroTema=253

  5. Flavio Coutinho

    16 de setembro de 2013 at 08:21

    Não tenho nem o que falar. Ou melhor: devolver o país a Portugal e ainda pedir desculpas pelos remendos.

    • Thiago

      17 de setembro de 2013 at 02:55

      Melhor devolver aos índios, pois os portugueses entregavam tudo a Inglaterra ¬¬”

  6. Renato L. Alves

    16 de setembro de 2013 at 07:43

    Bom dia a todos.
    Devemos observar que ao votarmos em 2014 acabemos com a reeleição. Como acaba-lá?
    – Não votando em nenhum, Eu escrevi “NENHUM” que esteja com mandato, nomeado para abrir vaga em seu respectivo cargo legislativo para o seu par.
    Votando em ninguém que esteja ocupando cargo parlamentar substituindo-os e assim sucessivamente, quebrando esta sequência de apropriação do poder.
    Não esqueçam que “eles” querem golpear com o voto de legenda, esta indicada por eles e assim mantendo os mesmo indivíduos que tanto lesam a Pátria.
    Abraços.

  7. Madeilene

    15 de setembro de 2013 at 23:05

    Enquanto eles forem indicados pelo governo, estaremos sujeitos a estes julgamentos comprados. Tinha que haver é concurso para acesso ao cargo de ministro do STF , aí sim haveria total independência nos julgamentos.g

  8. Eduardo

    15 de setembro de 2013 at 22:13

    Realmente o Meritíssimo esta certo. Ele não precisa se preocupar com o que o povo e as manchetes falarão sobre suas decisões pessoais. A sua preocupação principal são as pessoas importantes que irão lhe contemplar com benesses, como este brinde que esta sendo divulgado. Como estamos vendo ele é o verdadeiro ponto fora da curva, pois foi plantado no STF para ajudar os dois outros já conhecidos, visando o objetivo que estamos sendo obrigados a assistir. Vejam a que ponto é possível atingir o maquiavelismo destes verdadeiros vândalos da Democracia.

  9. carlos luiz bezerra

    15 de setembro de 2013 at 12:09

    Qero ver na hora de votar.

  10. Walker

    15 de setembro de 2013 at 07:55

    A imunidade parlamentar e foro privilegiado tem de acabar imediatamente, devem fazer uma lei que imponha uma pena de 10 anos de reclusão em regime fechado sem direitoa progressão de regime para todo aquele que for agente público que roubar, desviar dinheiro público, fizer associação para o crime através de formação de quadrilha , para moralizar esse país, deve haver uma reforma total e urgente nas leis e deve-se extinguir a constituição de de 1988 e fazer uma nova com convocação de uma nova assembleia constituinte porque essas leis atuais protegem os criminosos. É preciso acabar com os embargos declaratórios bem como os infringentes para o STF pois de outra forma vira um circo tosco, a lei deve ser dura com os criminosos. Os salários de deputados e senadores devem ser fixados em lei com explicitação total de como será feito os aumentos e correções se querem ingressar na esfera pública para ficarem ricos que desistam e caminhem para a iniciativa privada, abram seus negocios e procurem prosperar de forma digna! Fim a corrupção!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  11. assis

    14 de setembro de 2013 at 23:10

    Não excluiram o nome do novato na composição do escritório. É demais. Paciênc ia. Cai fora, barrosinho

  12. Kleber José V. J. Vallim

    14 de setembro de 2013 at 19:34

    No enfrentamento entre a dívida de gratidão e o notável saber jurídico, está havendo empate. Sugiro que rezemos ao Senhor. Não falo das Exelências em tela e sim do grande Juiz que pode dar um jeito nisso.

  13. Francisco Lucena

    14 de setembro de 2013 at 18:55

    Será uma vergonha desses ministros que votaram pelo aceitaçãao dos embargos inffringentes, pois,quando no inicio do mensalão eles já sabiam, que a absolvição naquela época, daria margem aos seus afilhados de poderem ter novo jugalmento e aí sim, dimuiriam as penas e até absolve-los por sua precrição. Decano o senhor ainda pode salvar o que será a maior vergonha nacional e o descrétido , tambem no STF,

  14. Helena

    14 de setembro de 2013 at 18:17

    Os dois novatos foram escolhido à dedo do PT, da matriarca e do Deus todo poderoso, não me assombra esta notícia, desde os primeiros pronunciamentos que já dava para notar o comprometimento, pois quem precisa muito alardear sua independência é porque está comprometido com a causa dos padrinhos até a raiz dos cabelos, ou melhor, da toga.

  15. Efraim Alves da Fe

    14 de setembro de 2013 at 14:05

    Nosso pais,estar vivendo um momento tao vergonhoso,que,a sensaçao de impotencia a nos imposta,tiran-os a expectativa de um dia ter-mos orgulho de ser brasileiro,

  16. Governista

    14 de setembro de 2013 at 11:08

    O escritório do Dr. Barroso é de altíssimo nível e certamente venceria uma eventual licitação. Para que perder tempo com trâmites burocráticos que só adiariam o atendimento aos interesses da população?

    Vocês vivem reclamando da burocracia brasileira e agora resolvem criticar uma medida de desburocratização? Assim fica difícil.

  17. Antonio Carlos Teles Maynard

    14 de setembro de 2013 at 09:54

    Quanta safadeza ainda terá que vir a tona para que esse país um dia se torne decente no trato com a coisa pública?
    Que nojo!!!!

  18. Chirley Delarue

    13 de setembro de 2013 at 23:26

    Repugnante…escândalos seguido de outros…Como pessoas importantes se calam diante de tanta lambança desse desgoverno petista…?

  19. meier

    13 de setembro de 2013 at 22:20

    Ele nao eh um novato.

  20. Poetaminas

    13 de setembro de 2013 at 21:49

    Gente, estou aturdida com tanta falta de honestidade no governo brasileiro. De cima para baixo, pouquissimos sobram, que não abusam de seus cargos, e burlam a contituição com a cara mais lavada do mundo. Eles se esquecem que o povo paga seus altos salários. Não paga para que usem e abusem do poder. O povo paga porque é obrigado a pagar suas contas. Os políticos, além de não serem obrigados a nada, ainda roubam tudo o que podem do herário público. Compactuar com o crime, sendo juíz, é crime que devia ser inafiançável.

  21. Jorge Barragan

    13 de setembro de 2013 at 21:49

    Canalhice tem que ter limites…

  22. Idelmir

    13 de setembro de 2013 at 21:39

    Por essas e outras, que já ouvi algo assim:
    Nossa justiça é cega, surda, muda e as vezes “vendida”!

  23. Antonio Luiz

    13 de setembro de 2013 at 19:59

    “Nós não julgamos para a multidão, julgamos pessoas” – corrijo, ” … julgamos para pessoas” Parabéns excelencia!

  24. Edvaldo Oliveira

    13 de setembro de 2013 at 19:58

    E aí “novato” explique-se, pois ninguém dar dois milhões por uma assessoria jurídica.

  25. altyair bozza

    13 de setembro de 2013 at 19:21

    Vergonha….como paranaense, lamento o enlameado desse senhor, na alta corte do país….São homens assim, que nos levam a descrer da democracia brasileira.
    Fidel Castro, e seu regime totalitário bate a nossa porta.

  26. Rubens de Souza Fenandes

    13 de setembro de 2013 at 18:36

    (…..)
    VI
    São Donos Do Poder E Filhotes Das Corrupções!,
    É Lógico Que Toda Regra Tem As Suas Exceções;
    Eles Apregoam Serem Legítimos Democratas!!!
    Antes Porem São Descendentes Dos Escravocratas.
    VII
    Os Seus Privilégios Deitam Raízes No Nosso Parlamento!,
    Desviam Dinheiro Publico E Raramente Vão A Julgamento,
    Os Seus Crimes São Notórios Nos Meios De Comunicação,
    Hoje São Os Operadores Dos Cachoeiras,Mensalinhos E
    “MENSALÃO” !!!

    Autoria: Poeta “ Ru”
    Rubens de Souza fernandes

  27. Ester

    13 de setembro de 2013 at 16:50

    É verdade. Ele não julga para a multidão. Ele julga para cada brasileiro, que espera no mínimo respeito à Constituição Brasileira.e que paga seus salários inclusive. Compactuar com a corrupção não é atitude de juiz.

  28. Irani Maciel

    13 de setembro de 2013 at 16:39

    Não me importo que saibam que fui eu que comentei. Não dá mais para ficar incógnito, diante de abusos tão patentes e deslavados.
    O Dr. Barroso PRECISA MESMO explicar o que está acontecendo. Isso É UM TOMA-LÁ-DÁ-CÁ.

  29. Thiago

    13 de setembro de 2013 at 15:57

    E muitos preocupados com a compra do apartamento do ministro Joaquim Barbosa… Ai ai… Esse é o Brasil do “nunca antes na história desse país…”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top