facebook
...
Blog

Família Battisti prepara festa para terrorista ítalo-brasileiro

Uma nota curta da edição de hoje (15) da Folha (para assinantes) despertou-nos especial atenção. Leiam abaixo:

DE PORTO ALEGRE – O ex-terrorista italiano Cesare Battisti será recebido com festa amanhã pela família Battisti no Brasil.

Dois descendentes de italianos que vivem em Progresso (165 km de Porto Alegre) e possuem sobrenome Battisti conheceram o ex-terrorista em janeiro e decidiram fazer uma reunião na cidade. Cerca de 200 Battisti são esperados.

Preso no Brasil em 2007, Cesare está em liberdade há um ano, quando o país decidiu não extraditá-lo. Na Itália, ele foi condenado por homicídios cometidos nos anos 70 pelo PAC (Proletários Armados pelo Comunismo), no qual militava.

Ainda não se sabe se há parentesco dele com os Battisti brasileiros. “Tem mais Battisti aqui do que na Itália”, diz.

Comentário:

O texto da Folha está extremamente mal redigido e não dá pra saber quem declarou que há “mais Battisti aqui do que na Itália“. Seja quem for o autor da frase, concordamos integralmente com ela.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

8 Comentários

8 Comments

  1. fraancisco ramos

    24 de junho de 2012 at 10:05

    Achei que matei que a charada: o Sandro P é o Flávio Morgenstern.

  2. Sandro P

    18 de junho de 2012 at 13:03

    Acho que matei a charada: o Francisco Ramos é o Battisti…. certeza!

  3. francisco ramos

    17 de junho de 2012 at 21:32

    Sr. Campanello vá campanellear e deixe de bobagens falar.

  4. maria saparowa

    17 de junho de 2012 at 03:07

    Será que os Battisti brasileiros estão se sentindo assim… meio terroristas?

  5. fraancisco ramos

    15 de junho de 2012 at 23:48

    Atentem bem, Srs. do Implicante, para as consequências dessa doutrinação recorrente e leviana. O Sr.
    “Sam Spade” sugere que se coloque uma bomba (não terrorista, é claro) …”no meio desses 200 Battistis
    puxa-sacos…” . Ou seja, para essa doença de vocês, não tem medicação.

  6. Jean Paulo Campanello

    15 de junho de 2012 at 22:39

    A Itália devia fazer como Israel fez com o Adolf Eichmann.

  7. Conservatore

    15 de junho de 2012 at 16:20

    E olha que o povo do sul é tido como “mais” esclarecido. Agora eu entendo o sentido de “intelectual critico”.

  8. Sam Spade

    15 de junho de 2012 at 13:10

    “…..possuem sobrenome Battisti conheceram o ex-terrorista em janeiro e decidiram fazer uma reunião na cidade. Cerca de 200 Battisti são esperados.”

    Será que não tem nenhum Battisti brasileiro que tenha vergonha na cara e bote uma bomba no meio desses 200 Battisti puxa-sacos que vão dar uma festa para o terrorista italiano agora verde-amarelo?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top