Blog

Feliciano: “Nós temos o compromisso de que qualquer material polêmico não circule sem nossa aprovação”

Veto do Ministério da Saúde à distribuição de cartilhas anti-homofobia e de incentivo ao uso de camisinha foi criticado por órgão da ONU; Pastor deputado afirma que governo se comprometeu a submeter material didático à aprovação de bancada evangélica.

kit_educativo_reproducao288

Na semana passada, o ministro da Saúde Alexandre Padilha vetou a distribuição de material educativo para prevenção de aids dirigido a adolescentes. O ministro justificou o veto afirmando que o material havia sido criado sem seu conhecimento ou autorização.

Hoje, em entrevista ao Estadão, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, afirmou que a decisão do ministro na verdade foi apenas o cumprimento de um compromisso do governo Dilma com a bancada evangélica:

“O ministro nada mais fez do que honrar um compromisso de governo. A bancada evangélica já havia manifestado o receio de que o kit circulasse novamente”, afirmou. “Temos a garantia de que qualquer material de conteúdo mais polêmico não circule antes de ser avaliado e sem a nossa aprovação.”

Mais uma causa irrelevante para o Feminismo “Kinder Ovo”. E fica a dica para aquele pessoal que protesta indignado contra o pastor-deputado: que tal se revoltar antes contra quem assume esse tipo de compromisso com ele?

PS: Curiosamente (ou nem tanto), o próprio deputado Feliciano tem sido vítima de homofobia da turma “progressista” recentemente. Confiram no blog do Reinaldo Azevedo.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

To Top