facebook
...
Blog

Governo Dilma bate recorde em cortes de luz

834489B79C4F47A6835E4DDDB514E60F

Na última sexta (18), a presidente Dilma Rousseff foi ao Piauí sob o pretexto de vistoriar obras na região. Poucas horas antes, 33 municípios, incluindo a capital do Estado, Teresina, ficaram sem energia elétrica por mais de uma hora. Esse é primeiro evento público em que a presidente participa desde a volta do recesso, no início da semana passada.

Só no ano passado, entre “apagões” e “apaguinhos”, houve queda de pelo menos 64 mil MW (megawatts) de energia em todo o Brasil. Quantia que equivale deixar o país inteiro sem luz durante praticamente um dia. Esse é o maior nível de interrupção de carga registrado desde 2009, período de maior apagão no governo Lula. Os dados são do próprio Ministério de Minas e Energia, e foram divulgados ontem (19), pela Folha.

“APAGÃO” X “APAGUINHO”

Em outubro do ano passado, ao explicar o ‘blecaute’ que deixou parte das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além dos Estados do Acre e Rondônia sem energia, o presidente do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp, cunhou a expressão “apaguinho”, para justificar os estragos causados pela interrupção na transmissão de luz. Em reunião de emergência ocorrida em Brasília, o executivo afirmou que “apagão é quando desliga todo o Estado ou toda região”. Omitindo que os Estados do Acre e Rondônia ficaram completamente às escuras, Hermes Chipp alegou que o corte seria apenas um “apaguinho”, pois as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste foram parcialmente atingidas.

De lá pra cá, parte da imprensa passou a classificar cortes de energia entre 15 MW e 100 MW, capazes de interromper o fornecimento de energia para bairros ou cidades de até 400 mil habitantes, com a expressão criada por Chipp. Interrupções acima de 100 MW e até 1.000 MW é que seriam os verdadeiros “apagões”, de acordo com essa avaliação.

Em 2012, foram registrados, pelo menos, 241 “apaguinhos” e 4 “apagões”. As interrupções de grandes proporções foram mais intensas que as registradas em 2010 e 2011, atingindo ao menos 19.000 MW.

Antecipando que 2013 será um ano difícil para o Brasil, no evento realizado em São Julião, localizado a 382 quilômetros de Teresina, Dilma afirmou que esse ano o país vai “plantar” mais do que “colher”. Como até as promessas de campanha foram alteradas no site da presidência, fica cada vez mais difícil prever quando é que começará, finalmente, a “colheita” de resultados.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top