facebook
Blog

Haddad, o “desprezível”

O ministro da Educação, Fernando Haddad, participou nesta segunda-feira (31) do programa Roda Viva, da TV Cultura. Questionado sobre os possíveis reflexos que a ausência de Lula, vítima de câncer, causaria na disputa eleitoral de São Paulo, Haddad afirmou que não colocou a questão sob essa perspectiva, e que esse tipo de “cálculo” é “desprezível.

Contraditório como sói, o ministro esqueceu de mencionar que, em abril de 2009, assim que foi informado sobre o diagnóstico de câncer da então pré-candidata à presidência pelo PT, Dilma Roussef, não titubeou ao “calcular” os ativos eleitorais que uma notícia como essa poderia render:

“Imagino que possa até fortalecer [a ministra] pela sua própria trajetória, pelos desafios que ela já venceu. Pode fortalecer a identidade da ministra no projeto que se confunde com a superação das dificuldades do próprio país”

Tão logo a TV Cultura disponibilize os vídeos da entrevista, atualizaremos este post.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

6 Comentários

6 Comments

  1. ihatearial

    5 de novembro de 2011 at 4h28

    Então, os candidatos da “oposicinha” parecem ser o Bruno Covas e o Conde Andrea Matarazzo.
    Também devemos contar com o querido Skaf, que andou fazendo uns movimentos via “redes sociais”.

    Mas, sinceramente, a melhor coisa que o PT fez foi trazer o Haddad pra SP. Não que a Martaxa tivesse alguma condição de ganhar, depois de ter sido escurraçada daqui e quase levado uma surra do nosso querido Netinho de Paula, mas… o Haddad, pros paulistanos, vai ser FÁCIL de tirar do caminho.

    Será que dessa vez rola uma de 1 turno?

  2. Carvalho

    4 de novembro de 2011 at 16h36

    Paulistano precisará ser muito pouco inteligente (eufemismo) para eleger um sujeito com os resultados e o legado que esse aí deixa no MEC. Mais um engodo da máquina de ilusões lulopetista. E pensar que ainda tem Gabriel Chalita no páreo…putz!

  3. Thiago

    3 de novembro de 2011 at 16h30

    E a Marta desistiu… só quero ver quem será o candidato de oposição e como será a campanha!

    https://g1.globo.com/politica/noticia/2011/11/marta-suplicy-retira-candidatura-prefeitura-de-sao-paulo.html

    O pior é que não estou vendo nada daqui do Rio, pelo jeito vai ser difícil escolher um candidato por aqui =S

  4. Jeferson

    2 de novembro de 2011 at 0h26

    Assisti ontem a entrevista. O Dr. Norman Gall fez algumas perguntas à ele, que foram respondidas de modo vago e impreciso. Fugiu do mérito. Enfim, todos nós sabemos quais são os objetivos desse cidadão, interesses escusos e sem mérito.

  5. Charles

    1 de novembro de 2011 at 14h34

    Uma vez meu pai estava assistindo um especial da globo news sobre educação e ele me disse que viu o Haddad dizendo algo do tipo “educação não resolve todos os problemas do mundo”. Nunca achei o vídeo pra ver se era isso mesmo.

Deixe um comentário

Mais Lidas

To Top