Blog

José Genoino, do Araguaia à prisão domiciliar, passando pela Papuda

No episódio mais recente, uma campanha de doações na web serviu para pagar a multa aplicada pelo STF quando de sua condenação.

camara-e-notificada-pelo-stf-e-iniciara-processo-de-cassacao-de-genoino

Em Breaking Bad, um dos maiores sucessos recentes da TV paga, chamou a atenção a passagem em que o Walter White Jr. lança uma campanha por doações para o tratamento de câncer do seu pai. O que parecia ser um problema para um homem que às escondidas fazia grana junto ao tráfico virou solução na mão de seu advogado. E juntos encontraram ali uma forma muito simples e rápida de lavar o dinheiro que recebiam da venda de drogas.

O enredo vem sendo lembrado nas redes sociais graças à semelhança com o que vive José Genoino nos últimos anos. Seu problema de saúde não era câncer, mas de ordem cardíaca. Seu crime não estava ligado ao tráfico de drogas, mas à corrupção. E sua família fez uma campanha bem sucedida arrecadando doações não para pagar o tratamento, mas para quitar uma multa de R$ 667,5 mil que recebeu após a condenação do STF.

A família alegou não ter condições de arcar com o valor. Contudo, o PT sempre se mostrou disposto a ajudá-lo nessa questão. Menos de um mês após criada uma página na internet para receber doações, o valor foi alcançado e a dívida, paga – duas mil pessoas contribuíram para alcançar o valor total de R$ 761.962,60, o que resulta em uma média de R$ 381 por doação, tendo chegado a R$ 48 mil em apenas uma delas. Após o sucesso do site, o PT pretende fazer campanhas semelhantes para arrecadar dinheiro para José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha.

O trajeto até a prisão domiciliar

José Genoino tornou-se membro do PCdoB aos 22 anos, em 1968. Dois anos depois, foi para Goiás a fim de lutar na Guerrilha do Araguaia, que tinha como objetivo fomentar uma revolução socialista no Brasil. Em 1972, porém, foi capturado e passou cinco anos na prisão. Em 2008, foi acusado por um dos miliatares que o prendeu, Sebastião Rodrigues, de entregar seus companheiros.

O militar revelou também que só foi possível acabar com a guerrilha devido à traição de militantes, principalmente a de José Genoino. Segundo Curió, o atual deputado entregou seus companheiros assim que foi preso como mensageiro dos guerrilheiros, revelando os codinomes e contando sobre três unidades de combate do movimento.

Atualmente, embora se diga inocente mesmo condenado após oito anos de julgamento, Genoino está preso, e sua culpa já bem esclarecida na mídia: ele estava a par de todas as negociações e, em uma das reuniões que tratavam da compra de apoio, o ex-deputado era inclusive o único representante do PT presente.

Em novembro de 2013, quando foi detido, o petista disse considerar-se um preso político, e desde o primeiro momento utilizou todos os artifícios para ganhar liberdade. Seu advogado logo pediu que o STF permitisse que Genoino cumprisse pena em regime domiciliar alegando problemas de saúde. Em 21 de novembro, o ex-deputado passou mal e foi levado para o hospital.  Desde então cumpre pena domiciliar, embora um laudo assinado por cinco médicos tenha atestado que ele não precisava permanecer em casa para cuidar de sua doença.

De acordo com o laudo, “o conceito de doença cardiovascular grave não se aplica ao presente caso em seu contexto clínico-cirúrgico de momento atual, que se apresenta sob impressão de expectativa favorável”.

A doença, conforme o laudo, pode ser controlada com medicação anti-hipertensiva de forma regular, acompanhamento ambulatorial periódico e dieta.

No fim de dezembro, o advogado do petista solicitou que a pena pudesse ser cumprida em São Paulo, mas o pedido foi negado. Joaquim Barbosa concendeu prisão domiciliar até o fim de fevereiro, quando uma nova avaliação médica será feita para saber se Genoino volta para a prisão. Enquanto isso, o mensaleiro alugou uma casa em Brasília por R$ 4 mil mensais em bairro de alto padrão, o que soou estranho já que alegava passar por dificuldades financeiras.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

2 Comentários

2 Comments

  1. Mulholland

    27 de janeiro de 2014 at 16:59

    Nós sabemos que muitos deles aceitariam trocar de lugar com Genoino na prisão.

  2. Thiago

    25 de janeiro de 2014 at 19:58

    É muita cara de pau, mas o pior disso tudo são os idiotas úteis que defendem esses bandidos!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top