facebook
...
Mundo

Mesmo com 91 venezuelanos mortos em 100 dias, Putin expressou “admiração” por Maduro

Vladimir Putin | Foto: Presidential Press and Information Office

Caso alguém ainda se engane, o presidente russo não faz questão de esconder a qual lado pertence

Foto: Presidential Press and Information Office

A aproximação entre Donald Trump e Vladimir Putin vem confundindo parte da direita nacional. Não tem sido raro demonstrações de apoio ao ex-agente do KGB, um líder que, a exemplo do americano, evita se curvar ao politicamente correto. Parte da confusão pode ser atribuída ao inimigo em comum, a esquerda americana. Mas o próprio presidente russo parece fazer questão de, vez em quando, deixar claro a qual lado pertence.

Mesmo com 91 venezuelanos mortos em 100 dias de protesto contra o governo bolivariano, Putin fez questão de expressar a “admiração” que sente para com Nicolás Maduro, um líder “corajoso” que estaria mantendo “a estabilidade e a paz” na Venezuela.

Os detalhes do telefonema foram trazidos ao mundo pela chancelaria venezuelana, o que deixa as aspas acima sob suspeitas. Mas, até a redação deste texto, não houve qualquer desmentido por parte do Kremlin.

Fonte: Estadão

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Mais Lidas

To Top