facebook
...
Blog

Militantes dormem durante discurso de Dilma

Diante de uma platéia esvaziada, a presidente Dilma Rousseff discursou por meia hora na convenção do PROS, que garantiu apoio à reeleição da petista. Nas primeiras filas, militantes dormiam com a boca aberta.

 

dormir discurso dilma

A TV Estadão publicou um vídeo que mostra o resultado fidelcastriano de um discurso de meia hora da presidente Dilma Rousseff na convenção do PROS, novo partido do sempre polêmico Ciro Gomes. Após o anúncio de que o PROS apoiará a reeleição de Dilma, a presidente engatou um discurso diante de uma platéia diminuta e cada vez mais vazia.

Alguns militantes reagiram como manda a fisiologia.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=K2tOTqMVDwA[/youtube]

Afinal, QUEM NUNCA?

Ann Coulter, em seu livro Demonic: How the Liberal Mob Is Endangering America, explica por que a esquerda americana domina a TV, e a direita domina o rádio. Os discursos técnicos, longas explanações detalhistas e o realismo entre discurso e conseqüência da direita exigem tempo e não cabem na cultura de espetáculo e conclusões mastigadas e rápidas da televisão.

Já o discurso da esquerda é dominado por bordões e explicações fáceis, que ficam agradáveis aos já convertidos com caras e bocas, e rapidamente se muda de canal. Todavia, um longo discurso repetindo palavras que cada vez mais esvaziam seu significado, como “desigualdade”, “distribuição de renda”, “homofobia”, “machismo” e derivados, sem ajuda de uma rápida troca de canais pelo recurso de zapear com o controle remoto, logo se torna enfadonho. Pergunte a qualquer cubano.

Falando nisso, Como não se lembrar do grande Ronald Reagan comentando sobre Fidel Castro?

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_LIFyD0GR_I[/youtube]

Bom, ao menos dessa vez Dilma Rousseff não foi vaiada, né? Quando está entre os seus, ela ganha bocejos e roncos.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

3 Comentários

3 Comments

  1. Fernando

    26 de junho de 2014 at 22:45

    “Ann Coulter, em seu livro Demonic: How the Liberal Mob Is Endangering America, explica por que a esquerda americana domina a TV, e a direita domina o rádio. Os discursos técnicos, longas explanações detalhistas e o realismo entre discurso e conseqüência da direita exigem tempo e não cabem na cultura de espetáculo e conclusões mastigadas e rápidas da televisão”. Huahuahahahaha!

    Jura que você levou isso a sério, Morgen? Então mostre para mim quais são os “discursos técnicos” e o “realismo entre discurso e consequência” de Rush Limbaugh e Glenn Beck em seus programas no rádio. Tudo o que eu ouvi até hoje foi verborragia e teorias da conspiração.

    O próprio sucesso da Ann Coulter como pundit se deve não à apresentação de um discurso técnico, coerente e com inúmeros dados, mas sim a um discurso simplista, caricato e extremamente verborrágico (chamando democratas de “faggot” e libertários de “pussies”, só para citar um exemplo) e conspiratório (em um livro, ela denuncia o ensono da teoria da evolução como um plano maligno para levar as pobres crianças americanas ao ateísmo). E é exatamente por ecoar o pensamento visceral de uma parcela significativa da população dos EUA que esse mesmo público ignora o fato de ela errar a imensa maioria das previsões que faz.

    Você pode apontar que o mesmo comportamento de animador de torcida existe entre os pundits democratas, e estaria absolutamente certo. Há muita estupidez do lado democrata também… Mas a tentativa da Ann Coulter de atribuir profundidade e um caráter técnico ao discurso dos pundits da direita é simplesmente ridícula.

    • Flávio Morgenstern

      2 de julho de 2014 at 21:33

      Fernando, todo mundo tem suas críticas a todo mundo, tenho até a amigos meus. Agora leia o que ela DESTRÓI sobre a história “oficial” sobre a Revolução Francesa redentora e arauta da paz e da razão naquele livro e veja quem é que estudou a coisa tão a fundo (fora a própria psicologia de massas). Discordar de pessoas por suas crenças que em nada afetam o status quæstionis nos geraria algumas bizarrices, como criticar Giordano Bruno por acreditar no poder de cura dos cristais, ou mesmo nos arriscarmos a sermos nós mesmos meio panacas (lembre-se de que a teoria multidimensional é um arranjo para o resultado de equações conflitantes baterem, e não algo visto por aí). No fim, você a criticou e criticou dois apresentadores conservadores. Dois. Agora tente comparar onde está a esquerda e a direita nas universidades, por exemplo. A esquerda está nos cursos técnicos, como Engenharia, Direito ou Economia, e a direita fica só com o maleável imaginário coletivo nas Letras, Filosofia e macaqueações na História e nas Ciências Sociais? É disso que estamos falando. A esquerda detesta discurso técnico, planilha de dados, causa e efeito etc.

  2. Mulholland

    26 de junho de 2014 at 10:59

    Ele estava fazendo a sesta depois de comer a quentinha que ganhou para estar lá.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

To Top