facebook
...
Blog

MPF denuncia Lula por prejuízo de R$ 10 milhões, autopromoção e favorecimento ao BMG

Notícia do jornal O Globo:

BRASÍLIA – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de ser responsável por um prejuízo de R$ 10 milhões aos cofres públicos, buscar autopromoção, fazer publicidade pessoal e favorecer o Banco BMG, ao enviar a aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) uma carta com informações sobre o programa de crédito consignado do governo federal. As acusações foram listadas pelo Ministério Público Federal em documento anexado ao processo que investiga atos de improbidade administrativa atribuídos a Lula.

A denúncia pede que o ex-ministro da Previdência Social Amir Lando devolva os R$ 10 milhões ao Erário. Lula e Lando são réus no processo, que começou a tramitar na Justiça Federal no Distrito Federal em janeiro de 2011. O documento do MPF, de agosto deste ano e ao qual O GLOBO teve acesso, é uma réplica da procuradora da República Luciana Loureiro à defesa preliminar apresentada por Lula, por meio da Advocacia Geral da União (AGU). O juiz Paulo César Lopes, diz que decidirá até o fim deste mês se dá prosseguimento à ação.

Lula e Lando assinaram as cartas enviadas a aposentados e pensionistas em 2004. O MPF ofereceu a denúncia à Justiça sete anos depois; o processo está prestes a ter uma primeira decisão judicial. Na réplica anexada, a procuradora rebate os argumentos da AGU. Segundo Luciana, ele não tem direito a foro privilegiado no caso da ação de improbidade nem pode ser beneficiado pela prescrição da pena, ao contrário do que requereu a AGU.

Segundo a procuradora, Lula e Lando tiveram responsabilidade na ordem dada à Dataprev (empresa pública responsável pelos dados da Previdência Social) para a execução do serviço. Para o MPF, os serviços foram feitos sem contrato.

Leia mais aqui.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

4 Comentários

4 Comments

  1. Leticia Martelle

    19 de setembro de 2012 at 12:41

    Lula da Silva, o maior pilantra politico que ja vi na vida .

    Pergunto: Porque Lula não pode ter a mesma liberdade que tem FHC ?
    Por quê ?
    COMO O MUNDO GIRA , VEJAM A GRANDE DIFERENÇA ENTRE UM E OUTRO. Vejam como é interessante a vida : Nos dias de hoje, FHC pode sair nas ruas sem medo de ser feliz e sem medo de ser cobrado por algo que tenha feito de maneira ilícita ou desonesta . E Lula da Silva, pode circular pelas ruas com toda essa liberdade? Isso é fato, essa é a grande diferença entre os dois, o caráter, inidoneidade e honestidade sem ter rabo preso a ninguém ou a nada kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Marilda Mendes

      20 de setembro de 2012 at 18:50

      Leticia, tu não conheces aquele ditado:

      AQUI SE FAZ, AQUI SE PAGA.

      Me diz uma única coisa que FHC fez FALCATRUA???

  2. João Guilherme

    19 de setembro de 2012 at 00:35

    Não só aprovo como também fiz há 4 dias uma Petição Pública direcionada ao Ministério Público, que ele convoque o ex-presidente Lula a explicar ao povo brasileiro como ele conseguiu em 2 mandatos, acumular 2 bilhões de dólares, segundo a revista norte americana Forbes.
    Se você quiser assiná-la o link é este: https://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N28943 é só clicar no link, e preencher alguns campos, é só isso, é fácil não!! Vamos lá!
    Depois daremos mais respostas a este partido que se dizia dos trabalhadores mas, que persegue ex-trabalhadores aposentados, já nestas eleições Municipais e depois nas Majoritárias de 2014.

  3. byMel

    18 de setembro de 2012 at 16:06

    Processo: 0007807-08.2011.4.01.3400
    Classe: 65 – AÇÃO CIVIL PÚBLICA
    Vara: 13ª VARA FEDERAL

    Acompanhamento processual:
    https://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=DF&proc=78070820114013400MPF

    Processo:
    https://t.co/23DiLVjq

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top