facebook
...
Blog

Nova lei de energia faz Eletrobras ter o maior prejuízo da sua história

“Bondade” de Dilma ao reduzir conta de luz reflete nos resultados das empresas que bancaram a redução

dilma-energia

Matéria da Folha de S. Paulo:

A lei de redução das tarifas de energia elétrica atingiu em cheio a Eletrobras, estatal que controla a maior parte do parque gerador de energia do país. A empresa apresentou prejuízo de R$ 6,8 bilhões em 2012, o maior da sua história.

O resultado vem depois de sucessivos anos positivos da companhia, que em 2011 lucrou R$ 3,7 bilhões.

O Ebitda (lucro antes do pagamento de juros e impostos) da empresa também foi negativo no ano passado: R$ 6,1 bilhões contra R$ 6 bilhões positivos em 2011.

Segundo comunicado da empresa, ambos “os resultados foram fortemente afetados pela MP 579, transformada na Lei 12.783/2013”.

A Medida Provisória do Setor Elétrico foi editada pelo governo em setembro do ano passado. Foi determinado que as companhias que tinham contratos a vencer de concessões de usinas hidrelétricas e linhas de transmissão poderiam renová-los contanto que reduzissem os preços cobrados pelo que produziam.

A Eletrobras renovou todos os seus contratos. Companhias de energia dos Estados de Minas Gerais e São Paulo optaram por não fazê-lo.

EFEITOS

Segundo comunicado da companhia, “os efeitos atípicos, provocados pela Lei (12.783/2013), que influenciaram o resultado consolidado e o Ebitda” foi da ordem de R$ 10 bilhões.

De acordo com a Eletrobras, sem a MP, a companhia teria lucro antes do pagamento de impostos de R$ 5,5 bilhões.

(…)

CELESC

A Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) divulgou também hoje ter registrado prejuízo líquido de R$ 258,366 milhões em 2012, ante lucro líquido de R$ 323,887 milhões em 2011.

A receita operacional líquida cresceu 8,44% em 2012, para R$ 4,545 bilhões, ante R$ 4,191 bilhões do ano anterior, conforme demonstrações financeiras consolidadas.

O Ebitda (resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou negativo em R$ 336,107 milhões em 2012, comparado a um resultado positivo de R$ 585,049 milhões em 2011.

Com o “Valor”

(grifos nossos)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

6 Comentários

6 Comments

  1. Luiz

    31 de março de 2013 at 13:52

    Normal, o legal é os comunistazinhos de iPhone reclamando que as eletricas não investiam. O que é burrice, pq enfim, comunista sabe de nada. Vide Dilma, que vai acabar com o setor elétrico do pais.

    Comunistazinho de iPhone que faz História nas federais deveria ser deportado pra Koreia do Norte pra viver o comunismo na sua mais pura forma de fome e opressão.

  2. Marcos Jr.

    29 de março de 2013 at 13:22

    Bondade com o dinheiro dos outros é refresco.

  3. Paulo

    28 de março de 2013 at 19:42

    Os comunistas querem quebrar o país, onde adentram pisoteiam tudo sem dó e piedade; agem igual aos demonios, só destruição, logicamente com as bênçãos dos eleitores que votam neles.
    Diz o 6º mandamento dos comunistas do DECÁLOGO DE LENIN: “Colabore no esbanjamneto do dinheiro público, e ponha em descrédito a imagem do país especialmente no exterior…
    Qum vota no PT colabora na piora cada vez mais do país e de si.

  4. Valeska

    28 de março de 2013 at 14:54

    Onde estão bilhões com lucros anteriores????????Foram investidos?????????Brasil país dos APAGÕES!!!!!!!

    • Vladimir

      29 de março de 2013 at 11:44

      Só Furnas registrou um prejuízo de 1,3bi. Fomos diretamente afetados pela MP579, a partir do momento que o MW era vendido a um preço médio de 90 reais e agora baixou pra 30. Quanto ao lucro dos anos anteriores, foram investidos sim, ou vc nunca ouviu falar em Santo Antônio, Jirau, Simplício, Foz do Chapecó entre outras. Os prejuízos vão aumentar ainda mais esse ano, haja vista que pelo menos 19 linhas de transmissão têm de ser modernizadas até a Copa 2014. Tivemos que esperar um evento desse tipo pra termos a autorização para realizar as melhorias e agora tudo é “pra ontem”. Infelizmente é assim que as coisas funcionam aqui no Brasil.

    • lotema

      29 de março de 2013 at 16:40

      Comigo e Que. Nao estao

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top