facebook
Fundo do Baú

O assassinato de JFK com uma nitidez que você nunca viu

Estabilizaram a filmagem da morte de John Kennedy e ela ficou ainda mais clara

Foto: Walt Cisco, Dallas Morning News

Zapruder Film é como ficaram conhecidos os 486 frames registrados por Abraham Zapruder em 22 de novembro de 1963. Nos  26,6 segundos de filmagem amadora, os detalhes mais cruéis do assassinato de John Kennedy. As imagens só viriam a público anos depois, mas serviriam para investigadores e teóricos da conspiração criarem suas versões dos acontecimentos. Em especial, JFK, trabalho de Oliver Stone lançado em 1991.

Contudo, com o advento da internet, o registro se fez ainda mais claro. Com o recurso da “estabilização” de vídeos, os quadros tremidos ganharam uma nitidez inédita. Que o Implicante adoraria replicar para os leitores em todos os canais possíveis. Mas se sente obrigado a simplesmente liberar um link para o conteúdo.

Pois, como se sabe, o vídeo traz uma execução sumária, com direito a pedaços do cérebro do presidente americano voando na tela. Mas a publicação de cenas do tipo abre uma brecha para as redes sociais da marca serem denunciadas e derrubadas, rendendo um prejuízo enorme aos envolvidos.

É um jogo político deprimente. Que acontece sob as mais grosseiras desculpas de que defenderiam os direitos humanos. Ignorando, claro, que a liberdade de expressão é um.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Mais Lidas

To Top