Blog

A mentira do funcionalismo público


[one_fourth]

INSCREVA-SE
 O PT na História Brasileira   inscreva se

[/one_fourth]

[three_fourth_last]

Descrição

Um dos argumentos usados pelo levante petista durante as eleições de 2010 foi o de que, se eleita, a oposição suspenderia os concursos públicos federais. Pois bem, o PT foi eleito e como forma de estancar a própria gastança, viu-se obrigado a suspender todos os concursos.[/three_fourth_last]

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

5 Comentários

5 Comments

  1. Catiane

    22 de maio de 2011 at 04:00

    ESTELIONATO ELEITORAL, ISSO SIM É QUE É A ELEIÇÃO DESSE POSTE.

  2. Paulo

    8 de abril de 2011 at 16:15

    Esse é o padrão do PT: tudo que eles falam, fazem ao contrário.
    Exemplos: plano real, LRF, metas de inflação, etc. Eram contra tudo isso, mas não mudaram nada.

  3. pedro bó

    7 de abril de 2011 at 11:29

    O apedeuta petralhotário acima, informa que a oposição diz que iria acabar com o Bolsa Família, a Zona Franca de Manaus e com os concursos públicos! Piadista de 5ª categoria.

    1) o Bolsa Família nada mais é do que um apanhado de programas sociais iniciado no governo FHC.

    2) a Zona Franca de Manaus não seria liquidada pelo PSDB. Se pensa o contrario, post aqui em qual veículo de informação com palavras ou vídeos mostrando tal ação do PSDB.

    3) quem acabou com os concursos públicos foi a Sebenta mamãe-ursa!!! Hilário não! Típico de governo populista de base coronialista. Fala uma coisa e faz outra…

    Estes vermelhos obtusos tem de ir morar na China, Cuba ou na pqp!

  4. Felipe Machado Cardoso

    6 de abril de 2011 at 11:00

    Não há terrorismo senhores. Não precisam dar esse tom de medo. Foram suspensos apenas os concursos para o Executivo. Judiciário, legislativo e empresas públicas que possuam caixa-próprio (Correios, por exemplo) não foram afetados.

    A decisão foi tomada para rever o planejamento de gastos do governo, e é uma decisão temporária.

    A Dilma é uma gestora muito mais técnica que Lula, que era um líder menos técnico, mas de muito carisma junto à população.

    Basta ver as medidas de auditoria e planejamento que estão sendo tomadas junto a essa e outras decisões.

    (Exilado:
    ter.ro.ris.mo – sm (terror+ismo) 1 Sistema governamental que se impõe por meio de terror.
    terror – ter.ror sm (lat terrore) 1 Qualidade de terrível. 2 Grave perturbação trazida por perigo imediato, real ou não; medo, pavor.
    Afirmar que, se eleita, a oposição acabaria com os concursos públicos, a Zona Franca de Manaus, e o Bolsa Família é o quê?)

  5. Shlomo

    5 de abril de 2011 at 10:03

    E o pior é que o cancelamento foi pelo excesso de gastos durante o ano eleitoral, para eleger a Dilmafiga. Ou seja: em troca de um empreguinho para a Dilma, milhares de brasileiros perderam o futuro emprego.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top