facebook
...
Blog

ONS aciona térmicas por falta de chuva e conta de luz pode encarecer

Se forem confirmadas as expectativas, além de não termos a tão propagada redução na conta de luz no ano que vem, seremos obrigados a pagar mais caro pela energia consumida.

Informações da Folha.com:

O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) determinará hoje o acionamento de térmicas movidas a óleo combustível e diesel em todo o país para suprir uma carga de 2.100 MW médios que deixarão de ser fornecidas pelas hidrelétricas ao sistema.

A razão para essa decisão está no atraso das chuvas. O ONS só determina o acionamento destas térmicas quando a situação é crítica.

O custo por MWh (megawatt hora) gerado nessas usinas pode variar entre R$ 400 e R$ 500, muito acima das térmicas a gás natural, que também já foram ligadas para tentar frear a queda dos reservatórios do sistema elétrico brasileiro.

Não deve faltar energia, mas os consumidores devem sentir os efeitos desse custo no ano que vem, quando as distribuidoras responsáveis pelo fornecimento da energia que consumimos receberem o reajuste das tarifas.

(…)

Desde setembro, o ONS sentiu a necessidade de ligar as térmicas a óleo, mas retardou a decisão para evitar custos excessivos aos consumidores. Agora, alega que não tem mais como esperar.

À ESPERA DAS CHUVAS

A expectativa agora é pela chegada das chuvas para a recomposição dos reservatórios. No Sudeste e Centro-Oeste, o conjunto de reservatórios das hidrelétricas está com 41,8% de sua capacidade.

No Nordeste, os reservatórios têm neste momento um volume equivalente a 37,4% de sua capacidade. No Sul, as hidrelétricas estão com uma reserva de 38% e, no Norte, de 46%.

Até o final do verão, em março de 2013, as chuvas terão de recompor essas reservas para que o país consiga cruzar o próximo período seco, entre abril e outubro.

Se as chuvas, porém, frustrarem as expectativas, o país terá de manter ligadas as térmicas por mais tempo, o que afetará as tarifas de energia em 2013. Quando isso ocorreu, em 2008, o custo repassado aos consumidores foi de quase R$ 3 bilhões.

(grifos nossos)

Leia a íntegra aqui.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

2 Comentários

2 Comments

  1. Francisco Amado

    18 de outubro de 2012 at 17:25

    Eu fico pensando como a juventude se organiza para marchar pelas drogas.
    O povo se reune para caravanas para acender velas.
    Ou para se espancar por times de futebol.
    Mas, para exigir e cobrar o que realmente impacta a vida de cada um, são iguais ao tufão da novela.

  2. Marcos Jr.

    18 de outubro de 2012 at 16:59

    Isso porque claro, eles fizeram bastante investimentos na geração de energia elétrica, né? Arrisco a dizer que demos “sorte” com a crise econômica de 2008 porque senão enfrentaríamos um racionamento igual ao de 2001.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top