facebook
...
Blog

Para líder do PT na Câmara, “pobre gosta de ouvir” a Voz do Brasil

Partido bloqueou votação para flexibilizar horário do programa

Reportagem do Estadão:

O PT bloqueou a votação do projeto que flexibiliza o horário de veiculação da “Voz do Brasil” nesta semana. O líder do PT, Jilmar Tatto (SP), foi contra a inclusão da proposta na pauta de votações elaborada em reunião de líderes partidários com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). O líder argumentou que a flexibilização é uma tentativa de acabar com o programa. Ele argumentou, na reunião, que a Voz do Brasil faz parte da identidade nacional.

“O povo está ouvindo (a Voz do Brasil). Quem não quer ouvir, coloca um CD. Pobre gosta de ouvir”, argumentou Tatto. “Tem cidade que para na hora da Voz do Brasil”, continuou. Segundo Tatto, são 18 milhões de pessoas que ouvem o programa de veiculação obrigatória às 19horas. “(As emissoras) Querem o horário nobre para ganhar dinheiro com publicidade. As empresas têm concessão e podem ceder esse horário”, disse. O líder petista afirmou ser contra a flexibilização do horário e marcou uma reunião da bancada petista na próxima terça-feira para definir a posição do partido.

A votação do projeto foi anunciada por Maia na semana passada, com o apoio de outros líderes. “A Voz do Brasil, dessa forma, é um resquício da ditadura. O PSDB apoia a flexibilização da Voz do Brasil. A flexibilização é salutar e democratiza a oportunidade do ouvinte escolher sua programação”, disse o líder do PSDB, Bruno Araújo (PE).

A projeto estabelece que as emissoras poderão exibir o programa com início entre 19 horas e 22 horas. Produzida pela Empresa Brasileira de Comunicação, a Voz do Brasil existe desde a década de1930 e veicula notícias institucionais dos três Poderes.

(grifos nossos)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

6 Comentários

6 Comments

  1. bruno

    30 de junho de 2012 at 12:00

    Quando ouço aquela musiquinha, desligo na hora….é um lixo!!!!!

  2. Alex Mamed

    29 de junho de 2012 at 12:34

    Beira a perfeição da idiotia os atos e falas desse senhor Tatto. Acho que esse cretino só pode viver no mundo da fantasia. Onde que existe cidade que pare para ouvir a Voz do Brasil? Se existe esse públcio mesmo, como segueriu o Caps, a emissora que de dispuser a transmitir esse lixo terá audiencia garantida. Então pra que esse mostrengo? Tem coisas do período militar que o PT tanto execre e vem defender exatamente isso?
    Me popur sr. Tatto. Vá arrumar o que faze de verdade!

  3. Henrique

    28 de junho de 2012 at 00:55

    Pobre não tem é alternativa, isso sim. algúem ainda acredita que o governo está preocupado com quem é pobre?
    Morre diabo!

  4. Gustavo Noronha Silva

    27 de junho de 2012 at 09:32

    Mais alguns anos e as rádios vão parar de usar frequências de rádio concedidas e usar praticamente só a Internet. Assim rádio deixa de ser concessão e para de ter que veicular a Voz do Brasil. Eu gosto de ouvir, mas pra quem quiser vai continuar tendo na internet ;)

  5. Caps

    27 de junho de 2012 at 01:42

    Ué… se tem tanta gente assim querendo acompanhar a Voz do Brasil, não precisa ter horário reservado. Os ouvintes se estapearão para sintonizar na emissora que reproduzir a “sua voz, a nossa voz, a voz… do governismo”.

  6. André Andretta

    27 de junho de 2012 at 01:13

    Ué, se eles (os pobres) gostam tanto de ouvir a voz do Brasil, vamos colocá-la às três horas da manhã para vermos se a audiência se mantêm. Lamentável a declaração. Toda ela, inclusive a parte de que existem cidades que param para ouvir o programa (risos).

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top