facebook
...
Blog

PIB avança só 0,6% no trimestre e Mantega prevê crescimento “nada espetacular”

Resultado só não foi pior pelo desempenho do agronegócio.

Notícia do portal de Veja, com informações da Agência Estado:

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no terceiro trimestre foi de 0,6% na comparação com o segundo trimestre deste ano, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em valor nominal, o PIB somou R$ 1,09 trilhão no terceiro trimestre.

O resultado foi puxado pelo desempenho da agropecuária, que cresceu 2,5% na comparação com o trimestre anterior, seguida pela indústria, com avanço de 1,1%. O setor de serviços teve variação nula.

No ano, o PIB avançou 0,7%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Ontem, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, previu um crescimento “nada espetacular” do PIB e afirmou que o governo vai tomar mais medidas “pró-crescimento” da economia, com novos setores beneficiados pela desoneração da folha de pagamento e estímulos aos investimentos.

O resultado do crescimento do PIB anunciado hoje pelo IBGE veio bem abaixo da previsão dita pelo ministro, que esperava um número entre 1% e 1,3% na comparação trimestral.

Investimentos em queda

Os investimentos apresentaram resultado negativo pela terceira vez seguida na comparação anual, igualando o resultado da crise de 2008 e 2009.

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) caiu 5,6% no terceiro trimestre de 2012 na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse foi o maior recuo nessa base de comparação desde o terceiro trimestre de 2009.

Na comparação com o trimestre anterior o número também veio negativo, com queda de 2,0%. Foi o maior desde o primeiro trimestre de 2009, auge da crise financeira internacional.

Com isso, os investimentos produtivos completaram o mais longo período de queda em 13 anos. São cinco trimestres seguidos de retrocesso na FBCF, sempre na comparação do trimestre com o período imediatamente anterior. A atual sequência é menor apenas do que as seis quedas verificadas entre o segundo trimestre de 1998 e o terceiro de 1999.

No ano, a FBCF acumula queda de 3,9% ante o mesmo período do ano passado. Segundo o IBGE, a taxa de investimento em relação ao PIB (FBCF/PIB) no terceiro trimestre de 2012 foi de 18,7%.

Comparação com 2011

Já ante o terceiro trimestre do ano passado, o crescimento do PIB foi de 0,9%.

Na mesma base de comparação, o PIB da agropecuária teve aumento de 3,6%. No acumulado do ano até setembro, o PIB da agropecuária caiu 1% ante o mesmo período do ano passado.

O PIB da indústria mostrou queda de 0,9% ante o mesmo período do ano passado e no acumulado do ano até setembro caiu 1,1% ante o mesmo período do ano passado.

Em relação ao terceiro trimestre de 2011, o PIB de serviços mostrou alta de 1,4% no terceiro trimestre de 2012. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o PIB de serviços subiu 1,5% ante o mesmo período do ano passado.

(…)

Revisão

O IBGE revisou o crescimento do PIB do segundo trimestre deste ano ante o primeiro trimestre de 0,4% para 0,2%.

(grifos nossos)

Leia mais aqui.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

1 Comentário

1 Comment

  1. alvaro

    30 de novembro de 2012 at 21:22

    Esse cara é genial, não é verdade? Não acerta uma única previsão.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top