facebook
...
Blog

PT aprova gestão tucana em SP e Haddad contrata organizadores do “amor em SP”

Duas numa tacada só: bom divertimento a todos na hora de divulgar essa nota aos amigos petistas que encheram o saco no ano passado com protestinhos anti-Kassab e manifestações “espontâneas” em nome do amor.

lovemoney

Não se trata de um título sensacionalista, mas sim a pura e objetiva verdade: Dilma Rousseff nomeou ninguém menos que o VICE-GOVERNADOR de São Paulo, Guilherme Afif (PSD), para seu ministério. Não há demonstração maior do que essa quanto a aprovar e mesmo aplaudir uma gestão. O PT considera a administração de SP tão boa que quis o vice em seu primeiro escalão federal. Militância, durma com essa.

E Afif é ligado a Kassab, vai ao ministério por isso. Todo aquele pessoal “suprapartidário” que reclamava do ex-prefeito agora está com a viola enfiada no saco porque, bom, PORQUE ESSE PESSOAL FOI CONTRATADO pelo Haddad. É mole? E teve gente que acreditou nessa galerinha (que, convenhamos, já era manjada). Quem conhece alguma coisa de política não se assustou – mas não por isso devemos deixar de cobrar os que se faziam de ingênuos enquanto divulgavam a papagaiada.

Vamos ver o que vão falar no ano que vem, caso queiram mais uma vez, “espontaneamente e de forma suprapartidária”, fazer o mesmo tipo de protesto em nome do amor – valendo a ressalva de Nelson Rodrigues.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

4 Comentários

4 Comments

  1. livrexpress

    7 de maio de 2013 at 14:42

    Há uma grande diferença entre o que convém, tecnicamente ou politicamente, ao Governo Federal e o que interessa à militância maluca, espontânea ou contratada, e às instâncias petistas inferiores.

    Mas, como você bem observou, seria interessante ver o que essa militância alucinada e/ou profissional (e quem a contrata) tem a dizer, a desdizer ou a calar sobre o assunto.

    • livrexpress

      7 de maio de 2013 at 15:31

      E aquele papo do movimento “Fora Russomano” ter sido “espontâneo”, e não de apoio ao Fernando Haddad, só enganou desatentos e quem quis ser enganado. E, pelo visto, foi muita gente.
      Os clichês e alegações “progressistas” usados para sistematicamente atacar e demonizar Russomanno não deixavam muita dúvida quanto à origem da coisa.
      Como resultado, aquilo que foi visto: queda brutal de Russomano (inicialmente o favorito nas intençoes de voto), alçando Haddad (anteriormente 3o colocado) para o segundo turno com Serra e, em seguida, vitória do petista.

  2. João Veloso

    7 de maio de 2013 at 02:02

    Gravatai, você não é mais amigo do Alê Youssef?

  3. Sandro

    6 de maio de 2013 at 21:33

    Está explicado o motivo de só artistas (por assim dizer) petistas terem sido escalados para a Virada.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top