facebook
...
Blog

ReaçaCast #11 – Ouça agora a entrevista com o músico e escritor Lobão

lobao

A partir desta semana, o ReaçaCast entra em nova fase e passa a ser hospedado no site Reaçonaria.org. A primeira entrevista desta nova temporada é com o cantor, compositor, produtor e escritor Lobão.

Neste programa, Lobão fala sobre seu novo livro “Manifesto do nada na terra do nunca”, além de música, política e até religião. A conversa está imperdível.

[btn link=”https://reaconaria.org/podcast/reacacast/reacacast-11-especial-manifesto-do-nada-na-terra-do-nunca/” color=”red” size=”size-l”]OUÇA AGORA[/btn]

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

4 Comentários

4 Comments

  1. Sergio Tasso Vásquez de Aquino

    27 de maio de 2013 at 20:45

    Estamos caminhando celeremente para nos transformarmos numa república ”socialista popular”, cujo grande modelo é Cuba dos “hermanos” Castro, objeto da reverente adoração dos atuais donos do poder em nossa Terra, sendo utilizados os recursos e facilidades da própria democracia para solapá-la.
    O Partido dos Trabalhadores-PT é um partido revolucionário marxista-leninista-maoista-castrista-trotkysta-anarquista-gramscista, de acordo com as diversas linhas e “movimentos” de que é constituído, todos visando à complementação do “trabalho” iniciado em 1935, continuado com quase sucesso em 1963 e nunca abandonado ou arrefecido, de sufocar a liberdade e de assumir o mando ditatorial absoluto sobre nós. E sabendo perfeitamente que, uma vez caído o gigante Brasil, o domínio de toda a América do Sul estará garantido, sendo mera questão de tempo, segundo o acordado no “Foro de São Paulo”, que visa à institucionalização da União das Repúblicas Socialistas da América Latina, que hoje já conta com Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua, e Cuba, estando Argentina quase lá e Brasil a caminho…
    O curioso é que, com evidente molho à brasileira, nossa trágica revolução segue um caminho e tem personagens assemelhados aos da Revolução Soviética: o ataque sem quartel às Forças Armadas, visando a apequená-las, enfraquecê-las, desmoralizá-las, indispô-las com a opinião pública, pela clara percepção, com fundada razão, baseada em nosso glorioso passado, de que têm sido as guardiãs intimoratas da soberania, da independência, da honra, do patrimônio e das instituições nacionais. Carregados de toques macunaímicos, embora, vislumbramos a existência e a ação concatenada ou sucessiva, todas deletérias, dos menchevistas, do Kerensky, dos candidatos a Lênin, Suslov, Stalin brasileiros… no determinado afã de destruir tudo o de bom que nossa Nação logrou construir nos planos físico, moral, espiritual ao longo dos séculos, para mais facilmente dobrá-la, a fim de impor a diabólica e cruel nova ordem.
    Os revolucionários do PT, da mesma forma que aqueles de outras siglas da extrema esquerda, embora de militância guerrilheira e terrorista na luta armada por eles iniciada, jamais declaram ou admitem que agiam, de armas na mão e perpetrando assaltos, expropriações, sequestros, assassinatos seletivos e coletivos, atentados a bomba, “justiçamentos de companheiros desviados’’ para implantação do comunismo no Brasil, mas sim se apresentam como idealistas puros e inocentes, defensores e batalhadores pela democracia, num revisionismo histórico mentiroso de livre curso na mídia, nos livros didáticos e na cátedra, que faz a cabeça da juventude estudantil, em todos os níveis, e do povo em geral, para que se influencie e aceite e aplauda a revolução diuturna e silenciosa, à maneira preconizada por Gramsci.
    O ex-Presidente Lula, em seu período de governo, utilizando-se do populismo, da demagogia, da mentira como arma política, perdulariamente dos recursos do Estado realizou trabalho magistral para o avanço do extremismo esquerdista no Brasil, tudo coroando com o atropelo sistemático às posturas da legislação eleitoral, para facilitar e garantir a vitória de sua candidata escolhida a dedo na disputa presidencial, para dar continuidade tranquila à sua “obra”. Ele próprio definiu-se como “metamorfose ambulante”, para a qual todos os meios são válidos para atingir os propósitos colimados. Ou, como ensina sua ideologia orientadora, “os fins justificam os meios”.
    O aparelhamento petista do Estado, com mais de 20.000 seguidores colocados em posições-chave de todos os setores e níveis hierárquicos, contribuiu decisivamente para a realização de diversos propósitos revolucionários: o enriquecimento do partido, via contribuições compulsórias dos aquinhoados com rendosos empregos públicos, o aumento vertiginoso dos recursos de toda a ordem disponíveis para fomentar e fortalecer a revolução, a perda da eficiência/eficiência do Estado e do serviço público em geral, contribuindo para a desmoralização de ambos e para a descrença e o abaixamento da auto-estima e do moral do povo, requisitos também essenciais para fazê-lo aceitar e até clamar pelo advento dos tempos messiânicos anunciados pelos porta-vozes da nova ordem…
    Existe corrupção no Brasil, envolvendo em perversa promiscuidade agentes públicos e interesses privados, sempre em prejuízo do Erário e da busca da realização do Bem Comum, desde o tempo das Capitanias Hereditárias. Em todo o período anterior aos atualmente vividos, porém, dava–se em níveis e aspectos digamos artesanais, tipo corporações de ofício, juntando como “famiglias ”mafiosas regionalizadas os “coronéis”, sacripantas que detinham o poder político de decidir e comandar a máquina do Estado, seus familiares, apadrinhados, lacaios, associados, enfim, os clãs criminosos, debochados e pervertidos que se espalhavam como sanguessugas e ervas daninhas por todas as partes do nosso imenso território, entravando o progresso, ferindo a paz social e atrasando a afirmação da democracia. A chegada do PT ao governo trouxe o advento da corrupção em doses gigantescas, em termos digamos industriais, para o cerne do Estado, das atividades políticas, econômicas, psicossociais… Justamente ele, que, na oposição se declarava campeão da ética e da moral públicas, o grande censor de tudo e de todos, com quadros constituídos apenas de vestais impolutas e incorruptíveis… E a maioria dos brasileiros acreditou na lenda!
    Ë preciso reenfatizar que a corrupção, para o PT , é magistral arma política, usada para desmoralizar a democracia e preparar o terreno para a aplicação sem resistência, antes sob entusiasmado aplauso popular, da ditadura vermelha entre nós. Aí se inserem todos os movimentos de compra de parlamentares e de partidos para a base aliada, que faz os Parlamentos municipais, estaduais e federais malquistos pelo povo, que chega a considerá-los valhacoutos de malfeitores, que só pensam e atuam em benefício de si mesmos e de seus umbigos, pouco se lixando para a representação que recebem da Nação. Quando esta chega a acreditar que o Parlamento é desnecessário, por pervertido e inútil, e que todo político é um bandido, o fim da democracia está próximo!
    Outros mitos propagandísticos que precisam ser exorcizados são os da pretensa excelência administrativa da Presidente Dilma Rousseff, sobejamente desmentida pelos fatos correntes, e do seu compromisso com a reafirmação da moralidade pública. Em verdade, a “faxina” que teria realizado no início do governo, defenestrando ministros e auxiliares corruptos herdados do período anterior, foi por pressão da mídia e popular, estando já hoje a maioria deles de volta ao ninho governamental, para fortalecer alianças necessárias ao processo de reeleição, em curso a todo o vapor e por todos os meios, também.
    O alinhamento ideológico da Presidente, inarredável, é com seu modelo e guia, o ex-Presidente Lula, com o PT e em coerência com seu próprio passado. Com seu jeito pessoal de ser, deu um incremento notável à pretendida e programada guinada à esquerda do País, realizada cada vez mais de forma explícita, sem rodeios ou tergiversações. Aí se inserem, por exemplo as marchas retumbantes e aceleradas da “Comissão da Verdade”, cuja finalidade real é anular, unilateralmente, a legislação da Anistia Ampla, Geral e Irrestrita, para somente indigitar e penalizar os agentes do Estado que, na Guerra Interna de 1960/1970, cumprindo ordens das autoridades constituídas e atendendo ao anseio manifestado publicamente pela Nação, defenderam a democracia e combateram o comunismo, e a pretendida importação de 6.000 médicos cubanos, para atuar no interior do País, onde, eventualmente, poderiam transformar-se em agentes insufladores, fomentadores e catalisadores da revolução, como ocorreu com outros cubanos, no Chile da época de Allende. Além do cerco ao STF e das pressões incessantes sobre ele, cujo pugilo de Ministros comandados pelo Presidente Joaquim Barbosa devolveu, solitariamente, a esperança de tempos melhores para o Brasil, em função do resultado em vigor para o Julgamento do “Mensalão”. Vítima, contudo, de frenética busca de reversão ou anulação pelo PT e seus aliados dentro e fora do governo, e por todos os corruptos e corruptores, aproveitadores e adoradores da impunidade absurda que tem caracterizado nosso ambiente político-econômico-social-criminal, no qual se cevam como autênticas flores do lodo.
    Quanto à mídia, em grande parte também dominada por simpatizantes ou seguidores fanáticos do credo vermelho, compraz-se em somente divulgar fatos negativos, com ênfase especial quanto à ampla, escandalosa e cansativa cobertura de crimes e atos criminosos em ocorrência por todo o território nacional e de fatos e ações imorais, pornográficas, aberrantes e pervertidos, tentando induzir comportamentos e fazer crer que são normais, naturais e salutares.. É realidade que não se observa, em tal absurda intensidade, em qualquer país do mundo, pelo menos aqueles muitos das Américas e da Europa que tenho visitado. Das duas, uma: ou nosso tecido social está, realmente, inexorável e doentiamente comprometido, pela ação diuturna, natural, continuada da prática gramscista entre nós, ou a mídia, principalmente a televisiva, escolhe só o que de ruim se passa para noticiar, em evidente e eficaz auxílio à revolução em andamento.

  2. lAURO

    25 de maio de 2013 at 10:29

    LOBÃO INSPIRA LUTA DE TRANSFORMAÇÃO POLITICA

    Ao ouvir vcs do blog trocando idéias com Lobão sobre a formação de grupo para enfrentar o esquerdismo petista, alguem mencionou Marina Silva mas logo foi descartado o que foi bom. Foi mencionado tb O NOVO , Não sei se é do conhecimento de vcs a Aliança Renovadora Nacional estou enviando as palavras da presidente:

    Entre 2011 e 2012 começou no Brasil um movimento que visa a refundação da sigla extinta pelo TSE em 1980 pela Resolução Nº. 10.786. O movimento foi lançado em Caxias do Sul, RS, e tomou forma nas redes sociais. Apoiando-se no tecnoprogressismo e na juventude da maior parte dos envolvidos, a nova Aliança tem se caracterizado como um movimento social que aglutina cidadãos de vários setores da direita. O movimento conta com a adesão de várias correntes da direita, tal qual a origem da ARENA originária, a Aliança que está sendo recriada sobre uma base programática sintética e com autonomia relativa quanto a suas tendências. Participam do processo correntes liberais, conservadoras, cristãs, monarquistas, parlamentaristas, e outras.

    Ao contrário do que se poderia esperar, a liderança do movimento em diversos estados se faz por pessoas com uma faixa etária jovem, universitários, empresários e cidadãos recém-politizados, que com o crescente apoio de velhos apoiadores da antiga ARENA, busca dar contornos renovadores ao ideal de uma aliança de direita. O principal símbolo da nova cara da Aliança Renovadora Nacional talvez seja sua presidenta, uma mulher da ala da juventude.

    O movimento que, assim como a antiga Aliança Renovadora Nacional, descende da Marcha da Família com Deus pela Liberdade, propõe acima de tudo uma reinvenção da direita no Brasil, despida de preconceitos e imbuída de uma ideologia que prega o nacionalismo, a ética, a meritocracia e a participação política da população.

    No dia 13 de novembro de 2012, a estudante de direito Cibele Bumbel Baginski, publicou no “Diário Oficial da União” o estatuto da Arena (Aliança Renovadora Nacional), partido que tenta refundar.A jovem assina o estatuto como presidente nacional do grupo. A etapa é necessária para que o partido comece a coletar as cerca de 500 mil assinaturas exigidas para o registro na Justiça Eleitoral. Com o registro, a legenda passará a poder disputar eleições e a ter direito a uma parcela do Fundo Partidários

    Mas ainda acho que podemos unir mais partidos em formação que tenha os mesmos ideais
    Estou com 67 anos e inspirado por vcs tb acho possivel sermos vitoriosos se conseguirmos união de forças.
    Abraços

  3. lAURO

    25 de maio de 2013 at 09:48

    SÁBADO, 25 DE MAIO DE 2013
    Golpe de Estado

    Já é tão claro a tantos anos que não se entende a surpresa dos “intelectuais” ao confirmarem que já se está delineado um golpe de estado a ser dado pelo PT.

    Isso faz parte, aliás… é o capitulo final da agenda do FORO de SÃO PAULO. A agenda é tão clara! Desarmamento da população para não ter chance de reação. Criar uma policia política ao estilo milícia (Força nacional de segurança). Cooptação de artistas para ganho e disfarce de toda população. Comprar os votos dos mais pobres. Empobrecer o ensino, a educação para formar verdadeiros boçais papagaios que nem de sombra entendem o que repetem. Dissociar toda a população concluindo grupos contra grupos… terminar com a formação familiar. Acabar com o verdadeiro sentido de ética e moral… e etc, etc, etc… sempre seguindo o caminho da marginalização. Ou seja, na verdade, a justiça servirá apenas para fazer que queriam quando viviam de roubos, matanças, latrocínios, assassinatos e terrorismo: defender os bandidos. Terminar compondo o final da democracia agindo justamente amparado nela, ou seja, colocar o comando da vontade de grupos minoritários acima do da maioria. Isso tudo, claro, arranjado nas bases da farsa e da falsificação.

    Moldes de uma ditadura.

    A Agenda do FORO de SÃO PAULO cumpre distancia a toda a américa latina. Sim, estamos no caminho da Venezuela e argentina, mas não chegaremos lá, sem antes haver um verdadeiro golpe, como o já foi proposto as escuras através das PEC 33 e 37. Em nossos caso daremos um salto.

    E os “inteligentes” somente perceberam isso anos após o tão enunciado??? Somos dados como um país de covardes…e será porque???

    O golpe de estado vai ser dado. É só uma questão de tempo… e não está muito longe!

    Desarmados, vai ter de ser na base do pau e pedra!

    Que venha a ditadura desses marginais!
    Abaixo alguns filmes que não copiei de:
    Olavo de Carvalho, Reinaldo Azevedo…

  4. lAURO

    24 de maio de 2013 at 19:16

    Poxa, quando eu ja tinha perdido toda esperança sem ver janela no horizonte, ouço esta maravilha de idéias de lutas do Lobão com vcs, de reunir forças para enfrentar a maldita política marxista no poder. Lobão fala algumas forças políticas ainda existente mencionando o DEM desestruturado mas vou dar uns chutes aqui sobre alguns nomes. General Eleno que menciono argumentando que as forças armadas ainda tem respaldo de parte dos brasileiros. Joaquim Barbosa do STF que com suas falas tem deixado deputados , senado-
    res e governo de cabelos arrepiados, mas que começa empolgar muitos brasileiros. Enfim, se pudéssemos reunir Katia Abreu, Alvaro dias, e outros nomes de São Paulo, Minas, Rio de Janeiro, Nordeste,Brasil Central para formar ou aproveitar algum partido em formação, exemplo, ARENA, do Rio Grande do sul em formação por uma jovem estudante.
    Sei lá, alguma coisa precisa ser feita antes que seja tarde.
    Abraços

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top