facebook
...
Blog

Rosemary providenciou diploma falso para ex-marido ganhar emprego na seguradora do Banco do Brasil

Documento foi obtido por Paulo Vieira, ex-diretor da Agência Nacional de Águas, preso durante Operação Porto Seguro.

Informação do jornal Folha de São Paulo:

Rosemary Noronha, ex-assessora da Presidência, conseguiu um diploma falso de bacharel em administração para seu ex-marido, diz relatório da PF obtido pela Folha.

O certificado era necessário para que seu ex, José Cláudio Noronha, ingressasse no conselho de administração da Brasilprev, seguradora controlada pelo Banco do Brasil.

A empresa não informou quanto ele recebia de jeton por participar de reuniões. Conselheiros do BB recebem R$ 19,7 mil para ir a uma reunião, semestral ou anual.

O diploma foi obtido por Paulo Vieira, ex-diretor da Agência Nacional de Águas, preso sob acusação de liderar um grupo que fazia tráfico de influência no governo.

O certificado foi emitido em 2009 pelo Centro de Ensino Superior de Dracena, no interior paulista. O diploma foi registrado na Universidade Federal de São Carlos, conforme exige o Ministério da Educação para certificados de faculdades particulares.

Em 2009 aparecem os primeiros e-mails entre Rose e Vieira sobre o certificado. No dia 1º de abril, ela cobra “o diploma de JCN”, iniciais do ex. Resposta: “A questão de JCN encontra-se em fase de registro no órgão do MEC […]”. Ele promete solução para maio.

Em 4 de maio, Rose pergunta qual será a formação do ex. “Baixaréu em administração”, responde Vieira (o termo em português é bacharel).

Só em novembro o diploma é enviado ao ex-marido, segundo e-mail interceptado. Rose agradece: “Finalmente! Obrigadaaaaaaaaaaaaaaa”.

CYONIL

A PF descobriu que Cyonil Borges, ex-auditor do Tribunal de Contas da União que recebeu R$ 100 mil de Vieira e depois decidiu denunciá-lo, também teve ajuda para obter diploma de advogado.

Vieira ajudou Cyonil a validar cinco disciplinas que ele não cursara na FMU (Faculdade Metropolitana Unidas) -entre elas, estavam ética e filosofia. Usou a mesma escola de Dracena para isso.

(grifos nossos)

Leia a íntegra aqui.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

2 Comentários

2 Comments

  1. m

    30 de novembro de 2012 at 06:13

    Podre, podre, podre. Isso é muito podre.

    Não entra na minha cabeça como a palavra “privatização” ainda é palavrão por aqui. Qualquer coisa relacionada a governo no Brasil é podre. No capitalismo de mentirinha desta república bananeira, pequenos empreendedores são tratados como criminosos em potencial, grandes empresas só se dão bem fazendo negócios com o governo, e o sonho dourado da classe média é entrar (de preferência sem concurso) para a casta privilegiada do funcionalismo público, encostar o burro na sombra e “pegar no pesado” do meio-dia às três, sustentados pela massa de desdentados pagadores de impostos que pegam ônibus lotado às cinco da manhã.

    Só capitalismo de verdade conserta esta m*.

    • Sam Spade

      4 de dezembro de 2012 at 00:19

      M, como falou o eminente ex-bambambam e genio economico do regime militar, agora o queridinho de 10 em 11 “progressistas”, Delfin Neto: se botarem o Estado a administrar o Deserto do Saara, em 5 anos acaba a areia no local.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top