facebook
Blog

Secretaria de Segurança da Bahia recomenda levar dinheiro no bolso “para não irritar o ladrão”

Cartilha com “dica” foi publicada no site oficial do órgão; Recomendação foi retirada após protestos de parlamentares

Informação do jornal O Globo:

SALVADOR – Levar uma certa quantia de dinheiro no bolso para não irritar os ladrões durante os assaltos. Essa é uma das “dicas” que o site oficial da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) estava veiculando até o início da tarde desta terça-feira. A recomendação é: “carregue um pouco de dinheiro (para satisfazer o ladrão), mas poucos cartões”. A mensagem provocou forte reação na Assembleia Legislativa da Bahia, fazendo com que o governo retirasse a “dica” do site.

Mesmo assim, os deputados estaduais Carlos Gaban (DEM) e Uziel Bueno (PTC) apresentaram requerimento na Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa para convidar o secretário de Segurança, Maurício Barbosa, a falar sobre a polêmica “dica”. Os oposicionistas também querem explicações de Barbosa sobre os altos índices de violência registrados na Bahia, conforme revelado pelo recém-divulgado Mapa da Violência 2013.

Com a retirada da recomendação, ficaram as mais usuais: “depois de um assalto: não tente perseguir o ladrão, afaste-se do local, ligue rapidamente para 190 com todas as informações possíveis já organizadas, vá para a delegacia mais próxima registrar a ocorrência”.

(grifos nossos)

Comentário

Eis o modelo petista de Segurança Pública.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

9 Comentários

9 Comments

  1. Magro Costa

    20 de Março de 2013 at 17h40

    Deviam sugerir levar também um tubo de KY não? Vai que o “anjinho” resolve te estuprar?
    .
    .
    .
    Chegamos a tempos ao fundo do poço…

  2. Dymes

    20 de Março de 2013 at 16h52

    Nós temos que pedir autorização para marginais agora. HAHAHAH! O marginal deve se sentir a última bolacha do pacote tendo um monte de otários ao seu comando.

  3. pedro monteiro

    19 de Março de 2013 at 21h20

    E ainda querem desarmar a população civil!!!

  4. Bruno

    18 de Março de 2013 at 1h21

    Depois o pessoal da BA não sabem por que em SP tem piadas maldosas sobre bahianos. Essa segurança na BA é piada e totalmente desastrosa! Parece que o o governador é deficiente (nada ver com física), ineficiende e corruPTo. Se duvidam, vejam (https://www.implicante.org/artigos/modelo-petista-de-seguranca-publica-20-mortos-18-horas/).

  5. Airton

    14 de Março de 2013 at 17h43

    Só faltou escrever após a ” dica ” : É Nóis .

  6. Marcel

    14 de Março de 2013 at 12h03

    Esse país é uma piada surrealista, devíamos trocar o nome para Macondo

  7. maria saparowa

    14 de Março de 2013 at 0h31

    No governo dos petralhas temos que satisfazer o ladrão,uma mão lava a outra…

  8. Leonardo Ferreira

    13 de Março de 2013 at 15h44

    É governo PT, não vai dar em nada. Mas se trocassem “ladrão” por “estuprador” estaria em todas as redes sociais, e mulheres sairiam mostrando as tetas indignadas (ou não, já que Netinho está aí e ainda defendem-no)

  9. Lulinha

    13 de Março de 2013 at 10h10

    Realmente é um absurdo! Frequentemente a polícia recorre a mídia para explicar a violência no País. Sempre associam todos os casos com o tráfico de drogas mas nunca explicam como chegaram a essa conclusão. Além disso recomendam as pessoas a ficarem neoróticas, sair de casa sempre olhando para todos os lados, evitar isso e aquilo como se a culpa por ser assaltado ou morto fosse da população. Responsáveis pela segurança pública vão p inferno com essa conversa fiada! Vão trabalhar! E outra não acredito nessa porcaria de mapa da violência. Como o cara afirma que 70% dos homicídios do País são cometidos por armas de fogo? Nem 10% dos homicidos do País chegam a um resultado final. E os outros crimes que não fazem estudo? O pior de tudo é que essas estatísticas absurdas podem ser bem maiores que isso.

Deixe um comentário

Mais Lidas

To Top