Blog

Segundo Valério, Lula pagou dupla sertaneja e marqueteiro com dinheiro do mensalão

Para negar acusação, Zezé di Camargo e Luciano ainda revelam calote do PT

4445568

Reportagem do Estadão:

BRASÍLIA – O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, condenado a mais de 40 anos de prisão por operar o mensalão, afirmou em seu depoimento à Procuradoria-Geral da República em 24 de setembro que dinheiro do esquema também foi usado para pagar a dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, além do publicitário Nizan Guanaes.

As operações teriam ocorrido em 2005. Além de terem sido garotos-propaganda de Luiz Inácio Lula da Silva na campanha presidencial de 2002, os músicos também trabalharam em campanhas petistas em 2004. Nesse mesmo ano Nizan comandou a campanha derrotada de Jorge Bittar (PT) à prefeitura do Rio – dois anos antes, tinha sido o marqueteiro de José Serra na derrota pela disputa ao Planalto.

O Estado teve acesso com exclusividade ao conteúdo do depoimento no início da semana passada. Nele, o operador do mensalão acusa Lula de ter sido beneficiado pelo esquema e diz que o ex-presidente deu “ok” para os empréstimos que irrigariam o esquema, entre diversas outras denúncias.

Nesta semana, o Estado confirmou com fontes ligadas ao processo que Valério entregou, naquele mesmo dia 24 de setembro, o número de três contas bancárias no exterior que afirma terem como beneficiários Nizan, a dupla sertaneja e também Duda Mendonça. Não seria a mesma conta nos EUA na qual o marqueteiro de Lula em 2002 admitiu receber quase R$ 11 milhões – o publicitário foi absolvido pelo Supremo no julgamento do mensalão após ser acusado de evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Duda trabalhou com petistas também no ano de 2004.

(…)

Segundo a versão de Valério, o dinheiro que ele diz ter ido parar nas contas dos publicitários e dos músicos saiu de um suposto acerto que, conforme afirmou ao Ministério Público, teria ocorrido em 2003 no gabinete presidencial, numa reunião entre Lula, o então ministro da Fazenda, Antonio Palocci, e o então presidente da Portugal Telecom, Miguel Horta.

O empresário afirmou no depoimento de 24 de setembro que uma fornecedora da Portugal Telecom em Macau, na China, arrumaria cerca de R$ 7 milhões para o PT pagar dívidas de campanha suas e de aliados. Esse dinheiro seria usado, segundo as acusações de Valério, dois anos depois para pagar Nizan, Duda e Zezé Di Camargo e Luciano. Naquele mesmo 2005, Valério chegou a viajar para Portugal acompanhado de Rogério Tolentino, seu ex-advogado e sócio, e do dirigente do PTB Emerson Palmieri – a viagem, afirmou o deputado cassado Roberto Jefferson ainda em 2005, serviu para “liberar” o dinheiro da Portugal Telecom.

Lula afirmou na semana passada, durante viagem ao exterior, que não responderia às acusações de Valério por se tratar de “mentira”. O criminalista José Roberto Batochio, advogado de Palocci, também negou que seu cliente tenha participado das reuniões no Planalto citadas pelo empresário à Procuradoria-Geral da República.

(grifos nossos)

Em outra matéria, o jornal publica as negativas de todos os acusados, com destaque para a nota oficial da dupla sertaneja afirmando que ainda não receberam R$ 1,62 milhão referentes a serviços prestados ao PT:

(…)

Shows. Com relação a contratação específica de cada show, a empresa informou que, em 2002 – ano em que Lula foi eleito presidente pela primeira vez -, o valor acordado para a prestação de serviço fora de R$ 1,045 milhão e, em 2004, o valor de R$ 2,22 milhões. Deste último, a Z.C.L. recebeu apenas a quantia de R$ 603 mil, restando R$ 1,62 milhão “pendente de pagamento pelo Partido dos Trabalhadores”.

(…)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

4 Comentários

4 Comments

  1. fraancisco ramos

    26 de dezembro de 2012 at 22:08

    LEIA-SE MAXIM VENGEROV

  2. fraancisco ramos

    26 de dezembro de 2012 at 22:07

    Pô cara,a ficar provada a transação é caso de cadeia. Pagar música de corno com o dinheiro do contribuinte é
    crme hediondo. Que tal pagar a um Maxim Venerov, Vadim
    Repin. Joshua Bell,, Anne Sophie Mutter,,Jure Gorucan, Yundi li, Evgeny Kissin, Yo Yo Ma, Menezes, etc etc etc.
    Então, mereceria ser eleito sem voto..

  3. sergio

    20 de dezembro de 2012 at 15:05

    Essa dupla é vitima ou faz parte do problema?
    devem mostrar as contas,e a dupla mostrar e provar que são credores.

    A dupra nao tem vontade de cobrar a grana?

    por que nao procurou a Justiça ate agora? Já são 10 anos ??

    A SIMPLICIDADE CONFUNDE OS CANALHAS

  4. Marcos Jr.

    20 de dezembro de 2012 at 10:09

    Agora faz sentido aquela música do Zezé di Camargo e Luciano na propaganda eleitoral do Lula em 2002…

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top