facebook
...
Blog

STF ordena quebra de sigilos de Protógenes e Demarco

Ex-delegado da PF, hoje deputado federal pelo PCdoB, é suspeito de ter atuado junto com empresário para favorecer grupo rival dos investigados na Operação Satiagraha; Ao longo da investigação, Protógenes ganhou 3 imóveis de presente

ProtogenesQueiroz-300x249

Informação do Consultor Jurídico:

O Supremo Tribunal Federal decidiu dar curso à investigação que pretende apurar se a operação satiagraha foi patrocinada e conduzida por empresários interessados em alijar o banqueiro Daniel Dantas do mercado de telecomunicações do Brasil.

O ministro Dias Toffoli atendeu esta semana uma lista de pedidos feitos pela Procuradoria-Geral da República. Entre eles estão a quebra de sigilo bancário do ex-delegado e deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) e do sigilo telefônico do empresário Luís Roberto Demarco. O jornalista Paulo Henrique Amorim terá investigada a origem do seu blog.

Demarco, ex-sócio de Daniel Dantas no grupo Opportunity, foi o homem designado pela Telecom Italia para defender seus interesses no Brasil e combater os de Daniel Dantas. Protógenes Querioz, atuando como delegado da Polícia Federal, conduziu a operação satiagraha, que investigou supostos crimes financeiros de Daniel Dantas e de seu grupo empresarial. Paulo Henrique Amorim, em conexão com Demarco e Protógenes, conduzia uma campanha de mídia contra Dantas. Demarco e Amorim estariam a serviço da Telecom Itália, sócia de Daniel Dantas na Brasil Telecom, com quem disputava o controle acionário da operadora. 

Entre outras ordens, o ministro do STF determinou a expedição de carta rogatória à Itália, para obtenção das conclusões dos processos conduzidos pela Procuradoria da República de Milão. Nesse processo, apurou-se que da empresa Telecom Italia foram desviadas altas somas destinadas a subornar autoridades, políticos, policiais e jornalistas do Brasil. Entre os executivos da empresa na Itália, responsáveis pelo “propinoduto”, alguns já foram presos, outros ainda respondem processos e um se suicidou. Embora já se saiba da condenação dos corruptores, até hoje as autoridades brasileiras evitaram ir atrás dos corrompidos.

Será quebrado o sigilo bancário também de José Zelman que, segundo Protógenes, foi quem lhe doou três imóveis (dois apartamentos, um no Guarujá, outro em Foz do Iguaçu e mais uma garagem), no curso da operação satiagraha. A Receita Federal deverá fornecer as declarações de Imposto de Renda de Protógenes e Zelman, de 2005 a 2008.

Além da quebra de sigilo telefônico de todas as linhas identificadas como sendo de Protógenes e Demarco, serão levantadas também as ligações feitas e recebidas pela Nexxy Capital (empresa de Demarco) e números da própria Polícia Federal. Dos aparelhos celulares, além das ligações serão recuperados os SMS disparados ou recebidos.

As superintendências da Polícia Federal em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro deverão informar se Luís Roberto Demarco ingressou nos prédios entre janeiro de 2007 e dezembro de 2008 — e a finalidade das visitas. A empresa de Demarco será investigada também na Junta Comercial de São Paulo.

Inquérito 3.152

(grifos nossos)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

5 Comentários

5 Comments

  1. Bruno

    28 de maio de 2013 at 02:20

    Cadê meu comentário de ontem feito aqui? Por acaso leram toda mensagem ou simplesmente deletaram sem ler? Se a mensagem tivesse ofensas pessoais e acusações falsas ou até bizarras, vocês removem. Como não tinha, considero como ato de censura! Se continuar assim, nem acesso e posto mais mensagens nesse site! Aliás, essa mensagem abaixo? Por que é permitida? Absurdo!

    • Implicante

      29 de maio de 2013 at 14:49

      Não o censuramos, o comentário foi liberado.

      • Bruno

        3 de junho de 2013 at 01:35

        Oh, me desculpe! Quando postei comentário reclamando disto, estava como ainda em verificação. Alguém dessa equipe desse site às vezes valida as mensagens dias depois.
        Mudando de assunto, sobre este comentando nessa notícia, soube que até contas de Amorim (não sei dos outros) foram bloqueados, que o próprio afirmou, ao dizer que vive como marginal. Isto é verdade ou apenas quer se aparecer?

  2. Bruno

    26 de maio de 2013 at 22:46

    Será que a casa vai cair pra deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), empresário Luís Roberto Demarco e o jornalista (além de apresentador e blogueiro) Paulo Henrique Amorim? E o Daniel Dantas e a Rede Record (onde Amorim trabalha) como ficam nessa história? Os quatro (com exerção da Record) são farinha do mesmo saco: sempre são governistas (e oportunistas), mesmo com mudanças de governos. Deviam também investigar os imóveis deles no exterior. É muito fácil, basta investigar a renda deles antes de serem ricos. amorim, por exemplo, tem imóveis em Nova Iorque.

  3. pedro monteiro

    25 de maio de 2013 at 21:08

    cada enxadada uma minhoca.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

To Top