Blog

Um Portal de Oposição diuturna (e até noturna)

Alguns comentários em textos recentes suscitaram novamente uma crítica que sofremos desde o lançamento do site, a de que nós “só falamos mal do PT”.

Para começo de conversa, isso não é verdade. Não deixamos de apontar os erros e, por que não?, as mutretas de políticos e partidos da oposição quando surgem. Os arquivos do blog estão à disposição de todos.

O Implicante é feito por três indivíduos – mais o Flavio, que é uma espécie de “quarto beatle” –  com formações diferentes e de diferentes localidades.  Cada um tem suas preferências, e sobre muitos assuntos temos opiniões totalmente divergentes.

No entanto, nunca esperem de nós uma postura do tipo “são todos farinha do mesmo saco”, “todo político é ladrão”. Não são. Vale o mesmo sobre adesão a campanhas por voto nulo, “de protesto” e infantilidades afins, que no fundo acabam servindo a quem já está sentado na cadeira. Seria até um contrassenso, num site que aborda política, pregar o alheamento ou não-participação eleitoral. Afinal, inevitavelmente alguém será eleito a cada pleito.

Então vocês são a favor de [insira aqui nome de político ou partido não alinhado com o governo]?

Como dissemos acima, cada um de nós tem suas preferências, e provavelmente declarará voto e defenderá candidaturas quando as disputas eleitorais se apresentarem. Mas estamos em 2011. A única maneira de [insira aqui nome de político ou partido] tomar o poder agora seria por meio de golpe ou revolução. E nós não queremos isso, não é mesmo? Então, fazemos o que acreditamos ser o mais saudável, que é vigiar o governo eleito democraticamente (noves fora os crimes eleitorais de Lula e Dilma). Até que a oportunidade de tirá-lo de lá através das urnas apareça, esperamos fornecer motivos suficientes para que nossos leitores se convençam – e convençam outros – de que é hora de mudança.

Mas eu sou PT, tem alguma coisa pra mim aqui?

Este é um portal de oposição ao partido que comanda o Governo Federal. Vale dizer, eles têm o poder de decidir como é gasto o dinheiro dos impostos e de definir políticas que influem na vida de todos os brasileiros. E aí, meus caros, não se trata de preferência partidária. Todos nós deveríamos fiscalizar, cobrar, reclamar, implicar diuturnamente – e até noturnamente – para que esse dinheiro seja empregado da melhor forma possível.

Então, se você não for da turma que não vê problemas no uso de “recursos não-contabilizados” e “práticas inaceitáveis”, como dizia o ex-presidente, imaginamos que a grande maioria aprova algumas premissas básicas que norteiam nosso conteúdo e são fundamentais à democracia e à vida em sociedade, como por exemplo:

  • Mentira é ruim.
  • Nepotismo é ruim.
  • Superfaturamento é ruim.
  • Desperdício de dinheiro público é ruim.
  • Preconceito é ruim.
  • Chico Buarque é ruim. (esse é um dos temas em que não há consenso entre a equipe do Implicante)

E por aí vai. Obviamente não esperamos que todos concordem com cada opinião individual publicada aqui sobre os mais variados assuntos. Mas, se você não tem a mesma relação com a política que tem com o futebol, só pode entender e apoiar que nós tenhamos essa, se é que se pode chamar assim, linha editorial.

Forma e Conteúdo

Outra crítica frequente que a petistosfera costuma usar para desqualificar o Implicante é sobre o uso de humor e ironia na maioria de nossos textos e vídeos. Essa, por vir de onde vem, nós já consideramos um sinal positivo. Para nós, é uma honra que o Implicante seja considerado um site humorístico e ao mesmo tempo sério, visto que até hoje não tivemos uma mísera reclamação quanto aos fatos apresentados nos 140 posts já publicados.

(Link do vídeo)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

19 Comentários

19 Comments

  1. Kel

    24 de maio de 2011 at 13:31

    Olá, minha gente!

    Não sei se vcs se inserem no exemplo que vou dar, mas até onde sei, não há mal nenhum “ter lado”; o problema é qd se distorce fatos e se torna parcial em função disso. Existem grandes mídias neste país que têm lado, não negam e fazem jornalismo de primeira – e aí está o grande desafio. Tal prática não vai contra o regramento da boa prática jornalística, principalmente em momentos de transe políticos (ou outro) da história nacional

    Boa sorte!

  2. Marcello

    23 de maio de 2011 at 09:34

    Parabens pelo site e pelas matérias.
    O conheci a pouco tempo e irei acompanhá-lo e divulgá-lo.

    Espero que continuem por muito tempo na web !
    E que resistam a patrulha petralha que não se conformam quando são ditas as verdades sobre seus “heróis”.

  3. Rafael Leite

    22 de maio de 2011 at 20:07

    Cara, discordo frontalmente da maioria dos textos publicados e acho a ironia contida nos neles realmente muito irritante. Se esse é o objetivo de vocês, estão cumprindo brilhantemente.
    Queira eu ou não, o trabalho de vocês tem um valor imenso.

    Vocês não querem ser imparciais, isso é lindo.
    Vocês querem jogar o jogo da política, democraticamente. Isso é mais lindo ainda, é jogo limpo, de idéias. Sem agressão.

    Me encanta, pra falar a verdade.

    Desejo sorte a vocês, e acompanho sempre que possível o conteúdo do Implicante.
    Quero poder comentar sempre que possível!
    Espero ser tratado com respeito, mas não sem sarcasmo.

  4. Rubens Sabino

    20 de maio de 2011 at 18:55

    Implicante, interessante e atuante.

    Como diriam os petralhas, sem medo de ser feliz…

  5. gus

    20 de maio de 2011 at 15:34

    Mentira: eu já reclamei que é mentira que o Gravata publica opiniões divergentes.

  6. Ismael Pescarini

    20 de maio de 2011 at 10:41

    Um dos melhores blogs do Brasil. Gostaria de acrescentar: os que não vêem problemas no uso da força policial, incluindo seguranças da câmara, contra a oposição; os que não vêem problema em puxar o gatilho do fuzil Mauze “que é muito bom para execuções (sic)” para se livra dos inimigos do progresso; não tem realmente nada a prender com este blog.

  7. Luís

    20 de maio de 2011 at 02:18

    Por mim continua do jeito que está, Muito bom, diga-se de passagem!

    Ps: Eu ri do “Chico Buarque” é ruim. O cara é péssimo mesmo.

  8. Hugo

    17 de maio de 2011 at 09:00

    Só falam mal do PT??? E daí, para falar bem já tem o Governo Federal, estatais, etc. financiados com o nosso suado dinheiro.
    Continuem assim!

  9. alexandre

    16 de maio de 2011 at 20:48

    eu tenho algumas divergências com o blog mas acho interessante e necessário para a democracia. por incrível que pareça, votei na marina silva e não na dilma como talvez vcs pensem. só que não gosto do estilo da oposição dos tucanos, principalmente do josé serra. acho que ele baseia toda a sua política em escândalos, quando na verdade os tucanos tem telhado de vidro ( um reportagem do globo na semana passada mostrou que há loteamento de cargos nas administrações paulistas na capital e no estado, igualzinho ao do governo federal). acho que a oposição voltará ao poder quando apresentar mais propostas e não aparecer somente durante escândalos. não que a oposição deva se calar diante de escândalos, mas só se basear nisso é complicado. o Brasil avançou muito durante o governo Lula mas ainda falta muito para chegarmos lá. e é isso que a oposição deve centrar suas propostas : melhorar ainda mais a infra-estrutura, debater a necessidade ou não do trem bala, evitar as presepadas do MEC, reformar o estado em busca da eficiência, redução de impostos. O campo é vasto e se a oposição se unir e aparecer mais com suas propostas e não nas páginas da revista veja, acho que ela pode ganhar as eleições.
    abraço

  10. Otavio

    16 de maio de 2011 at 18:49

    Você afirma que houveram crimes eleitorais na eleição, isso não invalidaria o processo democrático e justificaria uma revolução?

    (Gravz: Se houve crime, o caso deve passar pelo Poder Judiciário, não por este ou aquele grupo porque acham que sabem o que é melhor para o país – e para si próprios, claro.)

  11. flaviomorgen

    16 de maio de 2011 at 01:40

    Até “quarto” eu agüento ser, mas BEATLE?!?!

    Prefiro ser só aquele baterista esquisitão no fundão que escreve difícil e com muito palavrão. Além de talvez ser o único membro do site que não foi processado por você-sabe-quem.

    (A propósito, Chico Buarque plagiou Maupassant, Kleist, Celan e Kipling. Além de ser chato que só diarréia na casa da sogra.)

  12. Shlomo

    15 de maio de 2011 at 23:58

    Os que vêm aqui patrulhar as opiniões, absolutamente salutares, dos participantes do Implicante.org certamente não entendem a importância da liberdade de expressão e imprensa. Devem estar acostumados à qualidade “Blog da Dilma” de imprensa chapa branca. Podem mesmo serem bem pagos pelo Partido dos Trambiqueiros para patrulhar a opinião alheia.

    Este site representa milhões de pessoas com opiniões similares, e merece o maior dos reconhecimentos.

  13. Arthur

    15 de maio de 2011 at 23:08

    Então…
    Gosto de vocês, acompanho e tals, mas tipo, pegaram pra cristo esse último fator “a lá revolução francesa” aqui de são paulo, dedicaram dois posts e quando acontece algo mais estapafúrdio ainda como a distrubuição daqueles folhetinhos “educativos” do querido Bolsonaro… cadê?

    Não é questão de militar a favor ou contra uma causa ou outra, pois, como vocês mesmos disseram neste post, a idéia é atacar idéias e ações esdrúxulas, seja de quem for e, na minha opinião, acho que esse assunto dá uma boa pauta com boa repercussão.

  14. Lucien Sol Gilbert

    15 de maio de 2011 at 22:34

    Parabéns a vocês, equipe do Implicante, pelo bom trabalho e pelo site.

    • Lucien Sol Gilbert

      15 de maio de 2011 at 22:34

      Erro no site?

  15. Marcus

    15 de maio de 2011 at 21:30

    Espero que a divergência sobre o Chato Buarque de Hollanda seja se ele é péssimo, ruim ou simplesmente patético.

  16. Gustavo Noronha Silva

    15 de maio de 2011 at 21:29

    Ah, Chico Buarque é bom, mas Miúcha e Ana de Hollanda tô fora.

  17. Gustavo Noronha Silva

    15 de maio de 2011 at 21:28

    Com uma discordância aqui e uma impressão de tendenciosidade ali venho acompanhando o Implicante assiduamente e com grande interesse – diuturna e até noturnamente. No geral gosto muito dos textos, acho os vídeos engraçados, brilhantes, a escolha dos temas extremamente pertinente e a oposição ao governo (especialmente na falta de uma oposição legislativa de verdade) perspicaz e necessária. Parabéns e bola pra frente!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

To Top