facebook
Painel Implicante

A Venezuela foi o primeiro país a erradicar a malária na região, mas o socialismo fez a epidemia voltar com tudo

Até 1936, a Venezuela tinha os maiores registros de casos de malária na América Latina. Mas um eficiente programa de controle permitiu ao país declarar que havia erradicado a doença no final dos anos 1960. Infelizmente os números voltaram a incomodar já nos anos 1980. Mas começaram a sair do controle à medida em que Hugo Chávez implementava o que ele próprio chamava de “Socialismo do Século XXI”.

De menos de 25 mil casos em 2001, a situação superou os 50 mil quando Nicolás Maduro chegou ao poder. E saiu do controle desde então. Para 2017, a expectativa é de que se aproxime do milhão de casos – ou 930 mil, para ser mais exato.

A região mais afetada é justo a que faz fronteira com o Brasil, provando que a tragédia humanitária põe em risco a saúde até mesmo das nações vizinhas.

 

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

Mais Lidas

To Top