facebook
Blog

Vereador do PV apresenta proposta para ajudar Haddad a cumprir promessa de campanha

Gilberto Natalini enviou projeto para acabar com a taxa de inspeção veicular assim que o prefeito eleito tomar posse

(Reprodução esgotosfera petista)

Notícia da Folha de S. Paulo:

Aliado de Serra apresenta projeto para acabar com taxa de inspeção veicular

O vereador Gilberto Natalini (PV) apresentou nesta quarta-feira (31) um projeto de lei para acabar com a cobrança da taxa de inspeção veicular, promessa de campanha do prefeito eleito Fernando Haddad.

Aliado de José Serra (PSDB) e líder da oposição durante a gestão Marta Suplicy (PT), o vereador afirmou, de forma irônica, que quer “ajudar” o prefeito eleito a cumprir a proposta já em 2013.

Haddad disse, um dia após sua eleição, que duas de suas principais propostas –o fim da taxa e a criação do Bilhete Único mensal– deveriam ficar para 2014, porque dependiam de aprovação na Câmara.

Ontem, o prefeito eleito disse que vai encaminhar o assunto nos primeiros cem dias de governo aos vereadores e que acredita que não haverá dificuldade para aprovação. Acrescentou que, no máximo em um ano, as medidas devem estar valendo.

“Estamos apenas reavivando a memória dele, porque há poucos dias ele disse que ia acabar com a taxa. Eu estou ajudando, relembrando seu compromisso de campanha”, disse o vereador.

Natalini acrescentou que é favorável ao fim da taxa se houver outras formas de financiamento para a realização da inspeção. “O prefeito Haddad deve ter, ou não faria a irresponsabilidade de anunciar o fim da taxa na campanha”, afirmou.

Como cria despesas e promove mudanças administrativas, o projeto de lei para extinguir a taxa deveria ser apresentado pelo Executivo.

Segundo o vereador, porém, sua assessoria jurídica diz que o projeto pode valer mesmo partindo dele.

O vereador Antonio Donato (PT), que coordena o grupo de transição de Haddad, ironizou o ato de Natalini. “Ele acha que vai nos constranger com isso? Nós vamos acabar com a taxa”, afirmou.

(grifos nossos)

Interessante o raciocínio que transformou o vereador Natalini, reeleito pelo Partido Verde no último dia 7, em “aliado de Serra” – um político atualmente sem mandato, apesar de ser incontestavelmente uma das lideranças do PSDB  na cidade -, como se Natalini não fosse o responsável por sua própria atuação.

Deixando de lado o evidente viés da matéria, cabe relembrar o que o prefeito eleito de São Paulo disse há alguns dias, quando ainda era candidato:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=kxJ4h2q2nbQ[/youtube]

Viram como é fácil acabar com essa taxa? Afinal, “este custo da Controlar já está embutido no IPVA”, não é mesmo?

Não faz sentido uma oposição que seja contra tudo e contra todos, jogando na base do “quanto pior, melhor”. Desse modo, Gilberto Natalini mostrou compromisso cívico ao apresentar uma proposta que adiantará todos os afazeres e contratempos burocráticos do prefeito eleito. Ao tomar posse, toda a parte morosa de aprovação da lei já terá acontecido. Ponto para a cidade.

A menos, claro, que não queira – ou não saiba como – de fato abolir a taxa. Vamos ver como o PT votará esse projeto de lei. Fica a campanha: VOTEMOS O QUANTO ANTES o fim da Taxa de Inspeção Veicular!

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 100% OFF (com desconto máximo de R$ 10) em até 2 corridas. Após ativado, o crédito terá validade de 30 dias.

10 Comentários

10 Comments

  1. Clair Helena Peixoto de Oliveira Santos

    2 de novembro de 2012 at 9h02

    O vereador Gilberto Natalini é realmente preocupado com as causas do cidadão e é muito bom termos um espaço político com diferentes opiniões.

  2. Renan

    2 de novembro de 2012 at 3h17

    Não sou paulista então não tinha visto o video ainda. Curioso ele citar a Dilma como abolicionista dos impostos, quando ela criou o novo imposto para a saúde, o uso do IOF como regulador, etc etc.

    Corte de tributos que ele diz é o que? IPI “reduzido”? Cortes nos tributos nas contas de luz (que o cidadão pouco perceberá)?

    Triste como a memória do brasileira não só é fraca, como conivente.

  3. Pensador

    1 de novembro de 2012 at 16h01

    O Natalini tem razão, vamos ajudar o prefeito eleito e eliminar essa taxa. Que o prefeito eleito, caso queira a continuação do serviço, que é benefica para a cidade, se preocupe de arrumar verbas para o pagamento dos serviços. O que antes eu e todos os proprietários de veículos da cidade pagavamos, agora sera dividido entre todos os Paulistas.

    Hadad PT, tome que o filho é seu!

  4. Airton

    1 de novembro de 2012 at 12h33

    Eu discordo do final do texto . O PSDB tem que ser contra todos os projetos do Haddad , afinal seria assim e é assim que o PT age . Deixe que busquem soluções , aquelas de sempre , cooptação , mensalão ,etc.

  5. JONY

    1 de novembro de 2012 at 8h40

    A questão é essa mesmo, ficar na cobrança promessa a promessa, sem deixar margem de manobra pra saidas pelos fundos!!! Depois da adesão indecorosa de Kassab, vemos que tudo estava planejado ha tempos…Essa corja pensa que pode fazer o que bem entende, mas os NÃO ELEITORES DO PT estão a postos pra cobrar o menor deslize. E espero que os eleitores também, apesar de ja saber que os devotos nunca veem os erros dos seus MESTRES!
    Isso não é partido, isso é a SEITA DO PENTAGRAMA VERMELHO, E SO TEM DEVOTOS IMBECILIZADOS!

  6. maria saparowa

    1 de novembro de 2012 at 1h35

    inspeção grátis?Quem não tem carro vai ajudar a pagar e vai ficar no prejuízo 2 vezes,porque esse dinheiro poderia ser investido em outros benefícios para a população.

    • Alexandra

      7 de novembro de 2012 at 14h07

      Meu caro, o tempo de tentar explicar isso passou e o povo não entendeu. Se quem não tem carro faz questão de pagar por quem tem (afinal, declararam isso nas urnas, ao eleger o candidato e suas propostas) eu não vou mais gastar meu tempo protestando. Vou fazer a minha inspeção de graça. Chega de gastar nosso tempo tentando proteger os interesses de quem não se importa com as coisas sérias.

  7. Gustavo B.

    31 de outubro de 2012 at 22h35

    Parabéns ao vereador Gilberto! E obrigado ao implicante, estou tão acostumado com a “isenção” de nossa imprensa que não percebi a menção à “aliança “do vereador com o José Serra.

    • Implicante

      31 de outubro de 2012 at 23h02

      (andremc: Não é só isso, Gustavo. Repare que usando aspas no “ajudar”, a repórter já dá de barato, e de certa forma concorda com isso, que o interesse de Haddad não é cumprir a própria promessa imediatamente.)

  8. Marcos Jr.

    31 de outubro de 2012 at 20h50

    Afinal, não é o PV que se opõe a “tudo que está aí”, né?

Deixe um comentário

Mais Lidas

To Top